quarta-feira, 6 de julho de 2022

Anunciado por Bolsonaro, dinheiro da Lava Jato para a Educação ainda depende do STF

O presidente Jair Bolsonaro reiterou por meio do Twitter, ontem (20), que o governo quer repassar ao Ministério da Educação “grande parte ou todo o valor” de uma multa paga pela Petrobras nos Estados Unidos, no âmbito da Lava Jato, no valor de cerca de R$ 2,5 bilhões. A liberação desse recurso, no entanto, depende de uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A possibilidade desse aporte foi lembrada na última quarta-feira (15) pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub. Convocado a explicar os bloqueios orçamentários no ensino superior na Câmara dos Deputados, o ministro afirmou mais de uma vez que parte da verba pode ser destinada a universidades em apuros financeiros.

“Uma parte do dinheiro que foi roubado da Petrobras está sendo recuperado. E está entrando de volta. Já está internalizado aqui no Brasil”, disse Weintraub, em clima de beligerância com deputados da oposição. “O dinheiro roubado está voltando, e ele pode já servir de alívio para os reitores virem conversar com a gente”, completou.

O dinheiro a que o ministro se referiu está envolto em polêmicas desde fevereiro, quando foi revelada a criação de uma fundação bilionária idealizada pelo Ministério Público Federal (MPF) do Paraná. Após repatriar 80% do valor de uma multa que que a Petrobras pagou nos Estados Unidos – punição por ter operado ações na Bolsa de Nova York enquanto ocorria o esquema de corrupção descoberto pela Lava Jato –, o MPF fez um acordo com a estatal para abrir uma “fundação de interesse social” a ser gerida por uma entidade de direito privado. O valor que retornou ao Brasil, de cerca de R$ 2,5 bilhões, foi depositado em uma conta judicial da Caixa Econômica Federal.

O acordo foi homologado pela Justiça Federal do Paraná, mas acabou contestado na Justiça pelo PT, pelo PDT, pela Câmara e pela própria procuradora-geral da República (PGR), Raquel Dodge. Atendendo a um pedido de Raquel Dodge, Alexandre de Moraes suspendeu, em 15 de março, o acordo entre o MPF-PR e a Petrobras.

Em 9 de abril, a procuradora-geral recomendou ao STF que revertesse os recursos para o Ministério da Educação. Embora Weintraub tenha dito que a verba poderia “dar um alívio aos reitores”, a recomendação de Raquel Dodge é que o dinheiro seja investido na educação básica. A PGR também pede que nem todo o valor seja investido na área, já que parte deve ser reservada para indenizar os acionistas minoritários da Petrobras. A decisão sobre o destino dos recursos cabe a Moraes.

Fonte: Congresso em Foco

Foto: Poder360

Janaina Paschoal questiona sanidade mental de Bolsonaro antes de deixar grupo de WhatsApp do PSL

A deputada mais votada da história, Janaina Paschoal tem protagonizado, desde domingo (19), uma guerra contra o “bolsonarismo” nas redes sociais que culminou com sua saída do grupo de WhatsApp da bancada do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

“Amigos, vocês estão sendo cegos. Estou saindo do grupo. Vou ver como faço para sair da bancada. Acho que ajudei na eleição, mas preciso pensar no país. Isso tudo é responsabilidade”, disse a deputada estadual paulista antes de deixar o grupo.

Apesar de dizer que pretende deixar a bancada, a deputada nega que isso seja um movimento de saída do PSL, menos ainda de oposição ao presidente. “Quando deixamos de apoiar alguém, paramos de tentar melhorar esse alguém. É o contrário. Quero que o governo dê certo. Não pretendo sair do PSL. Os partidos também precisam de alguma pluralidade”, afirmou ao Congresso em Foco na noite da segunda (20).

Janaina criticou a postagem no grupo de WhatsApp antes de deixá-lo e questionou a sanidade mental de Bolsonaro: “Eu peço que vocês assistam e respondam: ‘O senhor, um presidente da República, na plenitude de suas faculdades mentais, publicaria um vídeo desse?’”.

A deputada tem demonstrado incômodo sobre a manifestação do dia 26 convocada pelo governo e estimulada por aliados no Congresso nas redes sociais. “Propositalmente, ele [Bolsonaro] está confundindo discussões democráticas com toma-lá-dá-cá”, escreveu Janaina em um dos posts.

Para ela, não existe um movimento conspiratório contra o presidente, como ele faz crer ao convocar a manifestação. “Quem o está colocando em risco é ele, os filhos dele e alguns assessores que o cercam. Acordem! Dia 26, se as ruas estiverem vazias, Bolsonaro perceberá que terá que parar de fazer drama para TRABALHAR! Para ela, “o presidente está gerando o caos”.

Fonte: Congresso em Foco

Foto: EBC

Deputado sergipano visita a Feira da Sulanca

Na manhã de ontem (20), o deputado sergipano Dilson de Agripino ( PPS-SE) esteve em Caruaru para conhecer a Feira da Sulanca e alguns empreendimentos privados, entre eles, o Fábrica da Moda, localizado no Parque 18 de Maio. O parlamentar esteve acompanhado do ex-prefeito de Tobias Barreto (SE), Antônio de Nery. Eles foram recepcionados pelo presidente da Associação dos Sulanqueiros, Pedro Moura.
O deputado, que também já foi duas vezes consecutivas prefeito da cidade de Tobias Barreto, falou com nossa equipe de reportagem. “Já fui do Poder Executivo e hoje estou no Legislativo. Vim conhecer essa experiência maravilhosa que é a Feira da Sulanca de Caruaru e alguns empreendimentos. Percebi que a parceria entre o setor público e o privado melhorou muito as condições de quem compra e de quem vende seus produtos”, disse.
O sergipano gostou do que viu. “Fiquei impressionado com a organização na Feira da Sulanca no setor da Fundac. A capacidade de gerenciamento da prefeita Raquel Lyra mostrou que é possível esses dois setores (público e privado) caminharem juntos. Na nossa cidade natal (Tobias Barreto), muita gente vem comprar e vender aqui em Caruaru. Nós também temos uma ligação forte com a confecção e a produção de mosqueteiros”, afirmou Dilson Agripinino.
Segundo ele, a ideia de vir a Caruaru faz parte de um levantamento para melhorar esse setor na sua cidade natal e também em todo o Estado sergipano. O objetivo é iniciar um projeto que visa privatizar algumas feiras e mercados. “Ainda estamos estudando o modelo. Mas esse é um setor que caminha melhor com o setor privado tomando conta. A Feira da Sulanca da Fundac aqui é um exemplo”, analisou o deputado.
Para o presidente da Associação dos Sulanqueiros, Pedro Moura, “hoje a Sulanca de Caruaru vive um novo tempo”. “Realmente temos muito o que comemorar aqui em Caruaru. A segurança do feirante vem aumentando a cada dia com as obras que estão sendo feitas. O principal avanço para o nosso setor foi a requalificação da área da Fundac”, destacou o presidente. “Uma obra da iniciativa privada e que só foi possível graças à determinação da prefeita Raquel Lyra. Nosso foco agora está nas melhorias que estão ocorrendo no setor da Brasilit”, completou.
Ele destacou alguns avanços, entre eles melhoria das calçadas, construção de baterias sanitárias e iluminação. “Hoje toda feira recebeu lâmpadas de led e um trabalho de melhorias nas calçadas que foram requalificadas, facilitando a acessibilidade de todos. Vamos ter uma reforma ampla na Casa Rosa (prédio histórico) e também nos mercados de Carne e Farinha. Isso vai deixar o fluxo da Feira de Caruaru melhor para turistas e os compradores que chegam semanalmente à Sulanca”, finalizou Pedro Moura.

Harmonização facial será tema do II Congresso Multiprofissional da Uninassau

Entre os dias 23 e 24 deste mês, a Faculdade Uninassau Caruaru realiza a segunda edição do Congresso Multiprofissional de Saúde do Agreste, evento que debaterá o tema central “Os desafios da saúde brasileira sob o olhar da equipe multiprofissional”.  Serão contempladas as áreas de Educação Física, Odontologia, Enfermagem, Biomedicina, Fisioterapia, Nutrição, Farmácia e Psicologia.

Entre os temas que serão debatidos está o minicurso “Inovações nas técnicas de harmonização facial’’, que será ministrado pela farmacêutica esteta, residente em harmonização facial e especialista em harmonização facial, Laisy kalyne. O minicurso acontece no dia 23/05, das 15h às 16h.

A profissional explica que a harmonização facial é um conjunto de técnicas combinadas para um equilíbrio estético e funcional na face. ‘’O belo nem sempre é simétrico, mas pode ser harmônico e é aí que entram as técnicas e métodos que devolvem a pele o vigor. Hoje, existem várias técnicas para deixar o rosto mais harmônico. Estarei na palestra abordando quais as novas técnicas de harmonização facial e quais os padrões de beleza que está sendo cada dia mais procurado’’, destaca Laisy.

Inscrições

As inscrições para participar do Congresso Multiprofissional de Saúde do Agreste já estão abertas e têm preços diferenciados até o dia 21 de maio para estudantes, com a opção de parcelamento do valor de inscrição. Para saber outros detalhes e se inscrever, basta acessar o site: http://sereduc.com/Wu1Ae9.

Bolsonaro: sem reforma, faltará dinheiro para salários em 2024

“Não podemos desenvolver muita coisa por falta de recursos, por isso precisamos da reforma da Previdência. Ela é salgada para alguns? Pode até ser, mas estamos combatendo privilégios. Não dá para continuar mais o Brasil com essa tremenda carga nas suas costas. Se não fizermos isso, 2022, 2023, no máximo em 2024, vai faltar dinheiro para pagar quem está na ativa”, disse.

Bolsonaro recebeu, nesta segunda-feira, a Medalha do Mérito Industrial do Estado do Rio de Janeiro, em cerimônia na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). A premiação foi criada em 1965 e é destinada a personalidades nacionais e estrangeiras que desempenharam papel relevante para o desenvolvimento da indústria fluminense.

Aos industriais, o presidente disse que está trabalhando para desburocratizar e melhorar o ambiente de negócios no país, para que os empresários brasileiros alcancem o sucesso e consigam gerar mais emprego e renda para a população. “O primeiro trabalho que queremos fazer é não atrapalhá-los, já estaria de bom tamanho, tendo em vista [a burocracia] que os senhores tem que enfrentar no dia a dia”, disse.

Como exemplo de medidas e projetos para facilitar a vida dos brasileiros, Bolsonaro citou a Medida Provisória da Liberdade Econômica, facilitação de licenças ambientais, o aumento da validade da carteira de habilitação de cinco para dez anos e a retirada de radares das rodovias federais .

Para Bolsonaro, os governantes devem se empenhar ainda na redução de impostos. Ele citou como exemplo a redução da alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o combustível de aviação em São Paulo, de 25% para 12%. “Uma simples variação no ICMS do querosene de aviação faz com que São Paulo tenha mais aviões partindo de seus aeroportos que o nosso aqui, no Rio de Janeiro. Sinal que quanto menos a gente tributa, quanto menos interfere, maior desenvolvimento”, disse.

Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão/Ag. Brasil

Ministério da Saúde prepara campanha de vacinação contra sarampo

A informação foi confirmada pelo próprio ministério.

Neste ano, o ministério já confirmou 83 casos de sarampo no país, sendo 43 deles no Pará, 27 em São Paulo, quatro no Amazonas, três em Santa Catarina, três em Minas Gerais, dois no Rio de Janeiro e um em Roraima. Deste total, 27 são autóctones e todos eles de residentes no Pará. Os demais casos foram importados de outro país ou ainda não foi possível identificar a fonte de infecção. De janeiro a maio do ano passado, o ministério havia notificado 117 casos de sarampo no país, com dois óbitos.

Dos casos importados, 19 deles ocorreram em um surto da doença dentro de um navio de cruzeiro em Santos, no litoral paulista. O mesmo navio também provocou três casos de sarampo em Santa Catarina e um caso no Rio de Janeiro.

O sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa, viral e contagiosa, transmitida pela fala, tosse e espirro. Os sintomas da doença são febre alta [acima de 38,5º C], tosse, coriza, conjuntivite e manchas avermelhadas na pele e brancas na mucosa bucal. A vacinação é a única maneira de prevenir a doença. A vacina que protege contra a doença é a tríplice viral, que também protege contra caxumba e rubéola.

As complicações mais comuns do sarampo são infecções respiratórias, otites, doenças diarreicas e doenças neurológicas. As complicações do sarampo podem deixar sequelas, tais como a diminuição da capacidade mental, a cegueira, a surdez e o retardo do crescimento. O agravamento da doença pode levar à morte de crianças e adultos.

Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo. Em março deste ano, no entanto, o Ministério da Saúde confirmou à Opas um caso de sarampo endêmico ocorrido no Pará, no mês de fevereiro. Com isso, o Brasil perderá a certificação de país livre da doença e precisará iniciar um plano para retomar o título dentro de 12 meses.

Segundo o ministério, o governo federal estabeleceu a cobertura vacinal como meta prioritária da gestão de saúde no país. Nessa agenda de prioridades, o ministério lançou, em abril, o Movimento Vacina Brasil, buscando reverter o quadro de queda das coberturas vacinais no país dos últimos anos.

Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/ Ag. Brasil

Funase e Senai inserem 50 adolescentes em curso profissionalizante

Cinquenta adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru iniciaram, ontem (20), a participação no curso de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, com 200 horas/aula. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), responsável pela oferta das aulas. A ação integra uma série de esforços para ampliar as atividades de educação profissional na unidade, que recebe adolescentes e jovens de 42 municípios do Agreste do Estado.

Os socioeducandos estão divididos em duas turmas de 25 alunos, cada uma com quatro horas/aula diárias pela manhã ou à tarde. Serão repassadas noções sobre eletricidade, ferramentas, equipamentos e modos de instalação de dispositivos como sensores de presença e interfones, entre outros conteúdos. Com esses conhecimentos, os adolescentes poderão atuar na manutenção elétrica em indústrias, hospitais, estabelecimentos comerciais ou trabalhar como autônomos. A participação nas aulas resultará na emissão de certificados pelo Senai. O curso deve seguir pelos próximos quatro meses.

O socioeducando J.L.N., de 17 anos, que está há quatro meses no Case Caruaru, disse estar cheio de expectativas com a participação nas aulas. “Acho que é o começo de uma mudança de vida. Sempre tive vontade de fazer cursos e agora estão me dando essa oportunidade”, declarou. “A qualificação profissional é muito importante. O certificado do Senai é reconhecido nacionalmente e abre portas”, valorizou a diretora da Escola Senai Caruaru, Elisângela Souza, presente à aula inaugural.

No mesmo sentido, a presidente da Funase, Nadja Alencar, destacou a oferta do curso como uma conquista coletiva. “Estamos em um processo de transformações aqui no Case Caruaru, com a participação efetiva de vocês, socioeducandos. Por isso, este momento de início de curso é uma demonstração de que vocês estão valorizando esta oportunidade”, afirmou. “Muitos adolescentes gostariam de ter esta chance de sair com a certificação de uma instituição renomada, conhecida e tão importante como o Senai”, completou a superintendente da Política de Atendimento da Funase, Íris Borges.

Ainda estiveram presentes na primeira aula o coordenador do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase, Normando de Albuquerque, o professor Claudionor José, do Senai, e a coordenadora técnica do Case Caruaru, Ana Paula Ferreira, além de profissionais da equipe técnica e de agentes socioeducativos.

“Temos desenvolvido este trabalho com base em um levantamento de interesses dos socioeducandos em diversas áreas da profissionalização, em que nos apoiamos para buscar oportunidades com as instituições parceiras. Por isso, agradecemos ao Senai, que reafirma seu compromisso socioeducativo, por meio dessa oferta de cursos. É algo que começa aqui e também se estenderá para as unidades de Arcoverde, Pirapama, Garanhuns e Cabo, para citar apenas as que estão programadas”, explicou Normando.

Feira livre do bairro Boa Vista será totalmente requalificada

A Prefeitura de Caruaru deu início, conforme publicação no Diário Oficial, ao edital de licitação que contempla o projeto de requalificação da feira livre dos bairros Boa Vista I e II. A obra prevê execuções nos pisos, calçadas, construção de coberta metálica, quiosques, baterias de banheiros, tratamento paisagístico, novas instalações elétricas e de iluminação, compreendendo uma área de 18.350 m² e chegando a atender mais de 800 bancos.

Além da requalificação no próprio espaço da feira, o projeto também conta com equipamentos de esporte e lazer no entorno do campo de areia, área esta já integrada ao pátio da feira, com espaços dedicados à alimentação e ao bem-estar da população. Estão planejados quiosques, mesas de convivência, renovação da área do campo de futebol, com inserção de novos equipamentos de ginástica, além da ampliação da pista de cooper que envolve todo o perímetro da feira.

“A nova estrutura visa melhorar o espaço de atendimento dos feirantes, proporcionando mais qualidade para comercialização de seus produtos e a relação com seus compradores, além de revitalizar e ampliar um equipamento público de lazer no coração dos bairros Boa Vista I e II”, explica o secretário de Obras, Rodrigo Miranda.

A requalificação está orçada em R$ 4.751.679,83 milhões, tendo o prazo de execução de até oito meses, a contar da data de início da obra. A abertura do processo licitatório está prevista para o dia 14 de junho.

Sesc Caruaru realiza excursão pela Rota da Cachaça do Agreste

Uma das bebidas mais apreciadas pelo brasileiro, a cachaça é tema de um roteiro de viagem promovido pelo Sesc Caruaru. A Unidade realiza no dia 25 de maio a excursão Rota da Cachaça pelo Agreste do Estado, que inclui visitas à fábrica da Pitu, em Vitória de Santo Antão, e ao Engenho Sanhaçu, em Chã Grande.

A saída será às 7h, em frente ao Sesc. A primeira parada será em Vitória de Santo Antão, onde está localizada a fábrica de uma das mais tradicionais aguardentes de cana do Nordeste: a Pitu. No Centro de Visitação, o grupo vai conferir um painel cronológico sobre o engarrafamento da bebida, um vídeo com a história da empresa e uma lojinha com produtos e souvenirs. Em seguida, a viagem segue até Gravatá, para uma visita ao Mercado Cultural da cidade.

À tarde, o grupo se dirige à zona rural de Chã Grande, onde fica o Engenho Sanhaçu. É neste local onde é produzida a primeira cachaça orgânica certificada em Pernambuco. Administrada pela família Barreto Silva, a produção segue padrões de alta qualidade e mínimo impacto ambiental. Lá, os turistas também poderão adquirir garrafas da bebida. O retorno ao Sesc está previsto para as 16h30.

O pacote de viagem pode ser adquirido no Ponto de Atendimento do Sesc por R$ 85. Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes têm desconto e pagam R$ 70. Os interessados terão direito a ônibus padrão turismo, visita às cachaçarias com degustação, guia e seguro-viagem.

Sesc

O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 20 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br

Serviço: Excursão Rota da Cachaça

Data: 25 de maio

Saída: em frente ao Sesc Caruaru, às 7h

Pacotes: R$ 85 (público geral) e R$ 70 (trabalhadores do comércio de bens e dependentes)

Informações: (87) 3721-3967

Secretaria de Saúde de Caruaru participa da Semana D do Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo vem realizando ações educativas nas ruas, escolas e universidades durante todo o mês e em diversas partes do mundo. Em Caruaru, as ações tiveram início no dia 06 de maio e seguem até o dia 29. De ontem (20) até sexta-feira (24) acontece a conhecida “Semana D”, que tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em Caruaru e em todo o mundo.

Entre as ações da semana, a palestra “Sua escolha no trânsito pode mudar vidas”, com o coordenador do SAMU Agreste, Tiago Acioli; curso de mecânica básica para bikes; blitzs educativas e uma simulação de acidente de trânsito envolvendo carro e moto, onde serão acionados o SAMU, a Destra, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar. A ação está marcada para às 15h, na avenida Rio Branco.

De acordo com dados do SAMU, foram registrados, em 2019, 1921 acidentes envolvendo carros e motos em Caruaru. Este ano, até abril já foram 648 acidentes, no mesmo período do ano passado foram 601.

Facebook

x