segunda-feira, 16 de maio de 2022

Roberta Trigueiro recebe título de cidadã caruaruense

Foto: Vladimir Barreto

Na sexta-feira (06), a Câmara de Vereadores de Caruaru concedeu o Título de Cidadania Caruaruense à Dra. Roberta de Oliveira Trigueiro da Silva. A propositura da solenidade foi do vereador Fagner Fernandes (PDT). Estiveram presentes no plenário da Casa, a esposa da homenageada, Luciana, o presidente da UNIMED Caruaru, Dr. Pedro Melo, representando o Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco, a Dra. Guacyra Pires, familiares e amigos.

Os presentes falaram sobre os serviços prestados pela médica ao município. Roberta atuou no serviço de saúde pública e privada como pediatra e médica da família, bem como assumiu o comando do Hospital da UNIMED durante a pandemia. “Caruaru reconhece e agradece toda a sua contribuição e serviços prestados à população”, disse o presidente da Casa, Bruno Lambreta (PSDB).

A médica agradeceu a honraria e ressaltou o seu amor pela cidade. Filha de Olinda, ela escolheu Caruaru para viver com sua família. “Eu amo Caruaru, uma cidade que me encanta não só pela sua história, mas principalmente pelo seu povo. Eu tive a oportunidade de conhecer as mais diversas famílias e quanto mais conheço, mais me apaixono”.

Exato Prime estimula pensamento criativo do aluno por meio de uma cultura imersiva com a língua inglesa

Com o objetivo de estimular o pensamento criativo, alunos do 4° e 5° anos do Colégio Exato Prime apresentaram projetos realizados com o tema proposto pela International School (IS): partes da casa e dispositivos futuristas.

Os trabalhos contaram com a orientação do professor Felipe Fonteles. “Os alunos foram, em sua maioria, agrupados, e induzidos ao pensamento criativo. Após a conclusão, eles foram apresentados e, na ocasião, professores e coordenadores votaram naquele que mais se destacou no quesito beleza”, explicou Felipe.

Os primeiros lugares ganharam uma ida ao cinema e os segundos receberam barras de chocolate. “A avaliação serviu também para compor uma de suas notas”, completou Felipe.

O programa do IS propõe expor os alunos a uma cultura imersiva com a língua inglesa, sendo abordados diferentes temas em sala de aula de forma integrada, como foi o caso dos trabalhos expostos.

Serviço

O Colégio Exato Prime fica localizado na Rua Pascoal Leme, no Bairro Maurício de Nassau, em Caruaru. Mais informações pelo telefone (81) 3721-7737 e pelas redes sociais www.exato prime.com.br (portal) @exatoprime (Instagram) e exatoprime (Facebook).

Socioeducando conhece Casa da Cultura e produz artesanato ao vivo

Todos os meses um socioeducando irá conhecer o Box da Funase, na Casa da Cultura, e produzirá, durante essa visita, um dos artesanatos que aprendeu a fazer na unidade. O primeiro a viver essa experiência foi o adolescente, de 18 anos, do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Caruaru.

“Não conhecia a Casa da Cultura. Tudo aqui é muito bonito. Mas o que me deixou mais feliz foi ver as peças que eu produzi expostas na loja”, disse o socioeducando. Além de conhecer o local, o adolescente produziu um jarrinho de sisal, em frente ao Box da Funase, atraindo olhares dos transeuntes e recebendo elogios. O adolescente além da oficina de sisal já fez tapeçaria e corte de cabelo, no Case Caruaru.

Para a coordenadora geral do Case, Ana Paula Ferreira, a socioeducação é bem mais do que ficar dentro de um alojamento. “É um processo de aprendizagem continuada, é uma reconstrução através dos saberes adquiridos e um refazer através de mãos muitas vezes desacreditadas”. Para a visita, o adolescente foi acompanhado pela coordenadora e pelo agente socioeducativo, John Fernandes.

A ideia de levar um socioeducando todos os meses partiu da coordenadora do Box, Eduarda Nunes. “Além de conhecerem o local onde os produtos que eles fazem são expostos, conhecerão também outros artesanatos e produtos da nossa cultura

O box da Funase fica localizado na cela 102. Através do Whatsapp da loja, podem ser dadas informações sobre produtos e valores. Fone: 081 9 9488.4903.

SARAMPO: Primeira morte em 2022 chama atenção para importância da vacinação

A primeira morte por sarampo em 2022, registrada na última quarta-feira (4), em Rondônia, chama atenção para a importância da vacinação contra a doença. A idade e o gênero da vítima não foram divulgados pelos gestores estaduais, por questão de sigilo. O óbito ocorreu em meio à campanha nacional de vacinação contra o sarampo, mobilização que acontece em todo o Brasil, e na esteira de um cenário em que estados e municípios patinam para bater as metas de imunização.

Levantamento recente do projeto VAX*SIM, do Observatório de Saúde na Infância (Observa Infância), revela que, em 2021, nenhum estado brasileiro atingiu a meta preconizada pelo Ministério da Saúde, de vacinar 95% das crianças contra o sarampo. Na esfera municipal, apenas 660 municípios – ou cerca de 12% das prefeituras – alcançaram essa taxa, no ano passado.

Segundo o estudo, em 2021, de cada três crianças brasileiras que tomaram a primeira dose do imunizante, uma não voltou para completar o esquema vacinal, de duas doses. 

“Não temos uma causa para a queda da cobertura vacinal, mas [a queda] começou a acontecer em 2016. E tivemos vários surtos significativos no Brasil, em 2018. E, em 2019, [o Brasil] a gente perdeu esse selo de erradicação do sarampo”, remonta a coordenadora do projeto, Patricia Boccolini. 

Ainda de acordo com o estudo do VAX*SIM, em 2020, o país bateu o recorde de 10 mortes de crianças menores de 5 anos por sarampo. Entre 2018 e 2021, 26 crianças nessa faixa etária morreram pela doença. Segundo o observatório, esses dados são um “retrocesso em um país que entre 2000 e 2017 havia registrado uma morte, no ano de 2013”.  

Patricia Boccolini ressalta ainda que a vacinação infantil é uma das ações “mais importantes para prevenir mortes evitáveis de crianças de até 5 anos, com um excelente custo-benefício”. 

Falta de informação

A diretora do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cássia Rangel, explica que além da questão do horário de funcionamento dos postos, muitas vezes incompatível com a rotina de pais e responsáveis, a falta de informação sobre a atual situação da doença no país pode ter contribuído para a queda na cobertura vacinal contra o sarampo.

“As principais causas relacionadas a essa queda de cobertura são o sucesso das coberturas de vacinação ao longo dos anos, o que pode causar uma falsa sensação de que não há necessidade de se vacinar. Muitas doenças já foram eliminadas e as pessoas não têm lembrança da ocorrência dessa doença. E também o conhecimento individual sobre a importância dessas vacinas ofertadas gratuitamente pelo SUS, e até mesmo uma baixa percepção de risco dessas doenças que são Imunopreveníveis”, explica a diretora.

Hospitalizações

O número crescente de hospitalizações por sarampo também preocupa. Entre 2018 e 2021, o levantamento aponta que 1.606 crianças foram hospitalizadas com a doença no Brasil. Nos quatro anos anteriores, entre 2014 e 2017, o país havia registrado um total de 137 hospitalizações infantis por sarampo.

Cássia Rangel alerta para a necessidade da imunidade de rebanho, que só é alcançada quando se vacina cerca de 95% do público alvo, e para a importância de a criança completar o esquema vacinal, com as duas doses, já que as complicações podem ser graves.

“As principais complicações de sarampo, as mais comuns, são a otite média, diarreia, pneumonia e a laringotraqueobronquite. Em alguns casos, por causa dessas complicações causadas pelo sarampo, podem levar à hospitalização, especialmente crianças desnutridas e imunocomprometidas”, destaca.

Campanha nacional de vacinação
De acordo com dados do Ministério da Saúde, notificados até a última terça-feira (3), no LocalizaSUS, 1,3 milhão de crianças entre 6 meses a menores de 5 anos tomaram a dose da vacina contra o sarampo. A estratégia de vacinação contra a doença acontece em todo o Brasil ao mesmo tempo em que é realizada a campanha de vacinação contra a influenza, que já aplicou 1 milhão de doses nesse público.

Segundo a pasta, a vacinação pretende “interromper a circulação do sarampo no Brasil”. A segunda etapa começou na última segunda, 2 de maio, e vai até o dia 3 de junho em quase 50 mil pontos de vacinação espalhados por todo o País.
 
Fonte: Brasil 61

Maio vermelho: cirurgiã dentista alerta e conscientiza sobre o câncer bucal

Estamos no mês do “Maio Vermelho” – campanha de conscientização sobre o câncer bucal. Popularmente conhecido como câncer de boca, ele é o quinto tipo com maior incidência no mundo e no Brasil ocupa a quinta posição entre os homens e a sétima entre as mulheres. Por isso, com o objetivo de trazer informações sobre a doença, conscientizando a população acerca da importância das medidas de prevenção, a cirurgiã dentista Luedja Araújo, credenciada ao Cartão Saúde São Gabriel, traz, em tópicos, detalhes desta enfermidade.

Causas – Apesar de não ter uma causa específica, alguns fatores do estilo de vida colocam a pessoa em risco de desenvolver o câncer: má higiene bucal e uso de próteses dentárias mal adaptadas; uso de tabaco, uso excessivo de álcool, exposição ao sol sem proteção adequada, excesso de gordura corporal, infecção por papilomavírus humano(HPV); idade e hábitos alimentares aumentam o risco também – a maioria ocorre em pessoas acima dos 40 anos e com dieta pobre de frutas e vegetais.

Sintomas – Lesões ou feridas na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam em período superior a 15 dias, podendo apresentar sangramentos e evolução; dormência, dor ou sensibilidade em qualquer lugar da boca, inclusive a língua; manchas/placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca ou bochechas; nódulos no pescoço; dor no ouvido, sem perda de audição; dor de garganta ou rouquidão persistente; dentes amolecidos sem causa odontológica aparente; gânglios cervicais aumentados; perda de peso repentina; perda do paladar; sangramento ou tosse. Em casos mais avançados observa-se: dificuldade de mastigação e deglutição, dificuldade na fala, sensação de algo preso na garganta, dificuldade para movimentar a língua.

Diagnóstico – Geralmente se dá pelo exame clínico (visual), porém a confirmação é feita mediante biópsia. Alguns exames de imagem, como a tomografia computadorizada, também auxiliam no diagnóstico e avaliação da extensão do tumor.

Tratamento – Geralmente é cirúrgico. Porém, a avaliação é feita pelo estágio da doença. Casos mais simples normalmente requerem apenas a retirada da lesão e nos casos mais complexos cirurgia e radioterapia complementando o tratamento. A radioterapia e quimioterapia são indicadas quando não é possível fazer a cirurgia ou quando a terapia cirúrgica trará sequelas funcionais severas e complicadas para a reabilitação funcional e qualidade de vida do paciente.

Cura – 80% dos casos possuem cura nos estágios iniciais da doença. O fator cura está intimamente relacionado à extensão da lesão e comprometimento de gânglios, órgãos e tecidos adjacentes.

Prevenção – Escovar os dentes pelo menos 2x ao dia; comer alimentos saudáveis e evitar alimentos processados; não fumar; evitar consumo de bebidas alcoólicas; manter o peso corporal dentro dos padrões de normalidade; usar preservativo durante o sexo, inclusive no oral.

Coluna Esplanada

BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 9 DE MAIO DE 2022

Conexão Coreia-Rio

No Rio de Janeiro, o inferno é mais embaixo, conta bordão policial de quem convive com os ‘B.O.s’ da cidade. Uma descoberta recente endossa a expressão e virou para a Ásia os olhos das autoridades – em especial os da Polícia Federal. De meses para cá, soldados do BOPE têm descoberto, em operações nas favelas, um número cada vez maior de cápsulas de fuzis com fabricação na Coreia do Norte, a terra do famigerado e insensato Kim Jong-un. Com toda a expertise das investigações realizadas contra tráfico de armas, a polícia ainda não conseguiu rastrear a conexão Coreia-Rio.

Milicianos

O cenário misterioso ocorre num Estado que ainda sofre com parte da PM associada a milicianos – cerca de 400 policiais são expulsos por ano da corporação.

Legado

Uma preocupação que chegou ao general Braga Netto, potencial vice na chapa de Bolsonaro. Como interventor federal há poucos anos, um dos legados que deixou foram 10 mil fuzis ainda não usados, sob cuidados do comando da PM.

Gás

Consta que Bolsonaro visitou Vladimir Putin a pedido de magnata brasileiro do setor, para que o russo lhe garanta a entrega de 24 meses de gás comprado antes da guerra.

Trava

O presidente Bolsonaro não tira da cabeça que é política a trava burocrática no TCU sobre a privatização da Eletrobras. Evidente que a Corte administrativa lotada de ex-congressistas – alguns não palatáveis a Bolsonaro – não fugiria a essa suspeita. Mas a preocupação agora também é com os Correios.

Desespero

O desespero bateu na “equipe de vendas” do Palácio, que tem junho como prazo para as privatizações. Bancos e uma multinacional latina estão de olho. Em jogo, os milhares de pontos próprios e franqueados, a boa logística para entrega de e-commerce e o cadastro de milhões de brasileiros – o mailing é ouro, um acesso a potenciais consumidores.

Poeira

Quem passa em trecho de Formosa (GO) vê dois “esqueletos” de viadutos. É a obra do DNIT sob a gestão de Tarcísio de Freitas, o ministro que aventou concorrer ao Senado no Estado. Ele foi para São Paulo e deixou poeira. A estatal garante que concluiu sete viadutos e finaliza o oitavo.

Coincidência

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco jura a amigos que é só coincidência a pequena Passos, seu reduto no sudoeste de Minas, ser a escolhida pela Heineken para a fábrica com investimento de R$ 2 bi. Longe de portos seco e marítimo, e da oferta de insumos, desbancou cidades próximas do eixo Rio-SP. Deve ser a boa água do subsolo, claro.

Apostas

As empresas de apostas esportivas interessadas em trazer operações para o Brasil temem que as modificações implantadas no Ministério da Economia dificultem obtenção de licenças. As grandes operadoras são multinacionais, que não deixam um centavo de arrecadação, tampouco geram empregos no País. A regulamentação que será via decreto presidencial prevê custo da licença em R$ 22,2 milhões por cinco anos.

Cercadinhos

José Sarney foi pioneiro em aparecer nos cercadinhos. Nesse mês das mães, fez revelação à amiga. No Planalto, descia a rampa para ver a mãe, dona Kiola, que o esperava entre populares sem se identificar. Trocavam olhares confidenciais à distância. Ela nunca entrou no gabinete chutando portas, como parentes de outros inquilinos.

Cana

Presidida por Tito Inojosa, a Associação Fluminense dos Plantadores de Cananão tem legitimidade para exigir pagamento de taxa sobre a tonelada de cana produzida nas poucas usinas que restaram no Rio. A decisão do desembargador Edson Vasconcelos (TJ-RJ). Cabe recurso ao STJ.

Pênalti

Túlio ‘Maravilha’, campeão pelo Botafogo em 1995, quer ultrapassar os 1.282 gols de Pelé. Ele ainda roda o País em amistosos (até em campo de várzea). Em alguns casos, marca-se pênalti para ele bater.

Passe livre

O vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos), protocolou projeto que intitui o passe livre para os professores da rede pública do Distrito Federal. A proposta será debatida entre os parlamentares e, caso aprovada, se tornará uma política pública que beneficiará mais de 60 mil professores.

Emprego e qualificação profissional foram temas abordados por Raquel Lyra na Mata Norte

Seguindo a agenda de visitas na Zona da Mata Norte de Pernambuco, a pré-candidata a governadora do estado, Raquel Lyra (PSDB), também esteve nos municípios de Itambé e Aliança, nesta sexta-feira (6). A postulante, acompanhada por lideranças da região, conversou com a população e destacou algumas ações que foram desenvolvidas e que promoveram transformações positivas em Caruaru e que servem de exemplos para serem executadas no estado.

“O nosso dia, hoje, foi dedicado à Mata Norte. Falamos dos problemas, dos desafios, mas também do que precisa ser feito pela nossa gente. Vivemos o pior governo da história de Pernambuco. O que a gente vê é um estado totalmente desgovernado e que se preocupa apenas em se manter no poder. A nossa gente não tem emprego, não tem qualificação. Em Caruaru, estamos abrindo um centro de qualificação para as mulheres, mas também ampliamos o número de vagas de creche. Afinal, uma mãe precisa ter um lugar seguro para deixar seus filhos para, então, poder trabalhar. É preciso dar oportunidades para a nossa gente”, defendeu a ex-prefeita de Caruaru.

A tucana também lembrou que a Capital do Agreste bateu recorde no número de carteiras assinadas em 2021. “Somos uma gente batalhadora e que não tem medo de desafios. Mesmo com toda crise sanitária e econômica que estamos passando, ano passado tivemos o maior crescimento no número de carteiras assinadas dos últimos 20 anos”, comemorou a gestora.

Estiveram presentes acompanhando as agendas o prefeito de Vicência, Guiga Nunes; os vereadores de Itambé, Edvaldo de Caricé e Cilo Rodas; os vereadores de Aliança, Maciel Saraiva, Dindô de Caueiras e Neto de Upatininga; o ex-prefeito de Nazaré da Mata, Nado Coutinho; o empresário Luís da Funerária; o ex-prefeito de Aliança, Cacá; o vereador de Lagoa do Carro, Josivan, e o presidente da Câmara de Vereadores de Vicência, Gerson, além dos pre-candidatos a deputado federal, Rodolfo Albuquerque e Bruno Ribeiro.

Decisão: reajuste do plano de saúde por faixa etária

Por Hortênsia Nunes Braz de Oliveira

A aplicação do Estatuto do Idoso ao contrato de plano de saúde firmando anteriormente à sua vigência é um tema que aguarda julgamento pelo Supremo Tribunal Federal. O conhecimento desde fato não é impeditivo à análise da demanda pelo Superior Tribunal de Justiça – STJ, o qual recebeu om Recurso Especial envolvendo a temática para que tomasse uma decisão.

Enxergando a abusividade dos reajustes aplicados e sob o fundamento que p Estatuto do Idoso aplica-se aos contratos adaptados, ou não (ou seja, os antigos) à Lei 9.656/98 (dispõe acerca dos planos e seguros privados de assistência à saúde), tanto um juiz de primeira instância, quanto o tribunal de origem consideraram abusivo o reajuste do plano de saúde por faixa etária.

Acontece que em sede de Recurso Especial, a corte precisou analisar a existência ou não da abusividade. O STJ levou em consideração as normas de regulação do setor de saúde suplementar, que atualmente, não vedam o reajuste para faixas etárias superiores a 60 anos, nos contratos antigos firmados antes da existência do estatuto do servidor. Nesta seara existe o Tema 952/STJ, que em sua tese afirma:

“O reajuste de mensalidade de plano de saúde individual ou familiar fundado na mudança de faixa etária do beneficiário é válido desde que (i) haja previsão contratual, (ii) sejam observadas as normas expedidas pelos órgãos governamentais reguladores e (iii) não sejam aplicados percentuais desarrazoados ou aleatórios que, concretamente e sem base atuarial idônea, onerem excessivamente o consumidor ou discriminem o idoso.”

O contrato é antigo, não adaptado ao estatuto do idoso e cumpre todos os requisitos do tema, respeitando inclusive o que determina a agência reguladora. Quando se fala de normas reguladoras, deve-se ressaltar que a Agência Nacional de Saúde – ANS, em 2001, estabeleceu que os reajustes por faixas etárias dos contratos antigos estão sujeitos a requisitos forma. Desta forma, o STJ deu provimento ao recurso especial protocolado por Plano de Saúde.

O acórdão do recurso julgou improcedente o pedido feito pelo consumidor de invalidade de reajuste por faixa etária previsto no contrato. Os pontos preponderantes foram que o contrato de plano de saúde em questão é individual e antigo, e unindo as razões do Tema 952 do STJ, ao regulamento da ANS, o STJ decidiu por rever as decisões proferidas nas instancias anteriores decidindo que o fato de o contrato dos autos prever reajuste para a faixa etária dos idosos não denota, por si só, abusividade.

*Hortênsia Nunes Braz de Oliveira (hnunesboliveira@gmail.com) é advogada, pós-graduada em Direito Processual Civil, Direito Tributário e Direito público.

Raquel Lyra faz giro pela Mata Norte, nesta sexta-feira (5)

A pré-candidata a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), iniciou, esta sexta-feira (5), visitando a cidade de Camutanga, na Zona da Mata Norte. A postulante se reuniu com lideranças da região e conversou com a população. A presidente estadual do PSDB também realizou a filiação do ex-secretário de Saúde do município, Aldo Gouveia, durante o encontro.

“Não sei quantas vezes vocês receberam o governador aqui ou quantas vezes vocês viram ele por aqui. Camutanga é Pernambuco e precisa de atenção, de investimentos para garantir mudanças e qualidade de vida para a sua gente. A nossa meta é não deixar ninguém para trás. Assim como fizemos em Caruaru, investindo na segurança, saúde, educação e desenvolvimento social, queremos fazer em Pernambuco. A gente só consegue mudar o estado, mudando a vida dos pernambucanos”, afirmou Raquel.

Também em Camutanga, Raquel visitou empresas da região, como a Mata Norte Alimentos e a Usina Olho D’agua. “No debate sobre Pernambuco, a gente precisa conversar com quem vive a realidade do estado. São empresas que movimentam a economia e geram empregos e renda para o nosso povo. O governador não pode ser inimigo dos empresários e muito menos da população. É preciso incentivar e fazer a roda da economia girar. Os bons resultados vêm para todos e só assim conseguiremos voltar a ter protagonismo no cenário nacional”, cravou a pré-candidata.

Durante as visitas, estiveram presentes o prefeito de Vicência, Guiga Nunes; o vereador de Goiana, Renato Sandré, e o pré-candidato a deputado estadual, Bruno Ribeiro.

Coluna Esplanada

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2022

Lula comedido

Depois de uma série de declarações nos últimos dias que desagradaram à cúpula petista e partidos aliados, o ex-presidente Lula da Silva fará um discurso comedido amanhã durante o lançamento oficial de sua pré-candidatura à Presidência da República. Para as mais de quatro mil pessoas que são esperadas no Expocenter Norte, em São Paulo, o petista falará por cerca de uma hora e 20 minutos sobre três temas: comparações com o governo de Jair Bolsonaro (PL), defesa da aliança com o vice e ex-adversário Geraldo Alckmin (PSB-SP) e fará promessas para “salvar” a economia, caso seja eleito.

Script

Lula foi aconselhado a seguir à risca o script do discurso redigido pela nova equipe de comunicação e coordenadores da campanha petista.

Cantilena

Outro tema que será abordado será o preço da gasolina. Lula repetirá a cantilena de que o Brasil é autossuficiente em petróleo e criticará o reajuste do combustível vinculado ao dólar.

Resiliente

O ex-juiz Sergio Moro articulou com entusiasmo a ruptura com a terceira via. Ainda sonha em encabeçar a chapa do União Brasil à Presidência, já que Luciano Bivar nem aparece nas pesquisas.

Repúdio

Policiais rodoviários federais repudiam a declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que a reestruturação das Polícias da União seria vedada pela legislação eleitoral. “Não é verdade”, afirma a FenaPRF, entidade que representa a categoria.

Lei

A Federação reforça que a reestruturação de carreiras específicas é permitida pela legislação até 180 dias antes do final do mandato, conforme estabelece a Lei de Responsabilidade Fiscal, entendimento inclusive pacífico na jurisprudência do TSE: “O ministro demonstrou profunda falta de respeito com as forças policiais brasileiras”.

Rota

Os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), entraram em rota de colisão. O deputado não esconde que ficou chateado por saber, pela imprensa, que Pacheco está articulando projeto para limitar a concessão do indulto presidencial. Lira ignorou convite de Pacheco para a recente visita ao STF.

Cajadadas

O presidente Jair Bolsonaro (PL) deu duas cajadadas na Cultura em um mês. Vetou as leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc (artistas vítimas da Covid-19). Em meio à gastança eleitoreira, o mandatário alegou “que não há espaço dentro do teto de gastos”.

Processos

Dos nove processos recém-abertos pelo Conselho de Ética, cinco são contra deputados do PL, partido do presidente Jair Bolsonaro: Bia Kicis (PL-DF), Eduardo Bolsonaro (PL-SP), Carlos Jordy (PL-RJ), Josimar Maranhãozinho (PL-MA) e Carla Zambelli (PL-SP). Eduardo Bolsonaro, campeão de representações no colegiado, agora é investigado por ter debochado da tortura sofrida pela jornalista Miriam Leitão.

Derrubada de Veto

Entidades contábeis enviaram ofícios para a derrubada do veto 71/2021 ao projeto de lei de autoria do deputado federal Laércio (PP-), que anulava as multas por atraso na entrega à Receita Federal da Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (GFIP). Essa multa tem sido um grande problema para empresas contábeis, que estão até fechando as portas por não ter condições de pagá-las.

Mc Fake X Burguer Enganação

O McDonald’s e o Burger King terão que se explicar na Comissão de Defesa do Consumidor do Senado. O senador Nelsinho Trad (PSD-MS) é o autor do pedido de audiência pública para debater a recente revelação de que o “hambúrguer de picanha” e o “hambúrguer de costela” não contêm esses ingredientes.

Cartórios

Pesquisa realizada pelo IPEC (antigo IBOPE) mostra que 76% dos entrevistados são a favor da digitalização dos cartórios. O levantamento também revela que 65% dos brasileiros que utilizaram os serviços de cartórios no país, nos últimos cinco anos, se viram em alguma situação que poderia ser melhorada.

Facebook

x