quinta-feira, 21 de novembro de 2019

PMC apresenta projeto que propõe crédito aos feirantes prejudicados por incêndio

Na sexta-feira (10), a Prefeitura de Caruaru reuniu os feirantes que tiveram seus bancos atingidos pelo incêndio da última segunda-feira (06), na Feira da Sulanca, setor Brasilit. Durante a reunião, foi apresentado o Projeto de Lei solicitando a abertura de crédito de apoio aos comerciantes prejudicados. O pedido foi enviado para a Câmara de Vereadores, pela prefeita Raquel Lyra, para a abertura de um valor adicional especial de até R$ 250 mil reais para o orçamento do município.

“Estou muito satisfeita com a agilidade nas respostas da prefeita, me surpreendeu. Com esse apoio que foi apresentado, fico mais tranquila. Essa ajuda será essencial para a volta ao trabalho”, afirmou a feirante caruaruense, Vitória Barreto. “Essa reunião foi muito proveitosa. Apesar do prejuízo que tive, tenho que agradecer a Deus por esse incentivo. Perdi meu banco, mas vejo que com a ajuda de todos vou conseguir me reerguer”, complementou o morador da cidade de Cupira, Erivaldo José, que trabalha há 22 anos em Caruaru.

O auxílio ficou determinado da seguinte forma: R$ 5 mil reais para um banco cadastrado; R$ 4 mil reais, para duas unidades cadastradas; e R$ 3 mil reais para cada unidade a partir de três cadastros. “Além do apoio financeiro para os feirantes, estamos garantindo, em uma ação conjunta com as secretarias, o funcionamento normal na segunda-feira para esses feirantes trabalharem. No domingo, serão montados um toldo maior e os bancos provisórios para eles receberem os clientes”, garantiu o secretário da Fazenda, Diogo Bezerra.

O projeto será votado, na próxima terça-feira (14), na Câmara dos Vereadores. Caso seja aprovado, os feirantes receberão o crédito de apoio na quarta-feira (15), em parcela única. “O pedido foi feito em caráter de urgência. Vamos seguir dando o apoio necessário para garantir que os feirantes possam retomar o trabalho da melhor forma possível”, concluiu a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra.

Foto: Janaína Pepeu

Fashion Days Inverno sege até hoje, sexta (10)

Na noite da última quinta-feira (09), o Shopping Difusora deu início a mais uma edição do Fashion Days. Dessa vez, os desfiles evidenciam o que vem de novidades para o Inverno 2019. Na programação da noite, além dos desfiles, o público conferiu uma apresentação especial da banda Dama do Rei. Para a noite de hoje, sexta-feira (10), o Fashion Days segue com a programação de desfiles e muitas surpresas.

No mundo da moda, cores, modelos, estampas, acessórios, maquiagem e demais materiais usados nas composições dos looks fazem toda a diferença quando o assunto é sentir-se bem. No primeiro dia do evento, os convidados puderam comprovar bem tudo isso. Na passarela, os lançamentos que serão os hits da estação. Além do mais, o evento contou com um casting de modelos que chamou a atenção do público.

Na plateia, convidados especiais trouxeram ainda mais destaque para o evento. Um time de digitais influencers de Caruaru e da Capital Pernambucana fizeram questão de prestigiar os desfiles. Outro ponto que chamou atenção do público foi a produção do evento em si, o que inclui os cenários e a própria dinâmica dos desfiles. E, nessa sexta, a partir das 19h, tem mais!

Na programação da noite, além dos desfiles de outras lojas que compõem o mix do Shopping Difusora, o público presente ainda vai poder conferir um desfile autoral do talento caruaruense Ayô, que vai encher a passarela do evento com toda criatividade das suas criações. No intervalo dos desfiles tem um show pra lá de especial com a banda Any Road.

A curadoria dos desfiles é da influencer Thaís Oliveira, com coordenação do jornalista e produtor de moda Wagnner Sales. “Na primeira noite, o Fashion Days mostrou que veio mesmo para suprir a carência de eventos desse porte na cidade. O público aproveita ainda para conhecer as novidades que as lojas do Shopping Difusora prepararam para o Inverno”, diz o gerente de Marketing Welter Duarte.

91% dos países cresceram mais que o Brasil

A partir de dados do Fundo Monetário Internacional – FMI, o Brasil tem perdido relevância em crescimento econômico na comparação com economias internacionais. Nas décadas de 80 e 90 cerca de 70% dos países cresceram mais que o Brasil. Nos anos 2000, 56% dos países cresceram acima do Brasil.

A recente crise que teve início em 2014, e foi a maior dos últimos 100 anos de história, agravou a situação e mudou uma trajetória de crescimento. Importante mencionar que essa crise teve seu fundamento em problemas internos, basicamente o desequilíbrio fiscal.

Se observamos que em 2015 o percentual era de 94%, em 2016 subiu para 95%. Entre 2017 e 2018 esse percentual ficou em 84% de países que cresceram acima do nosso crescimento.

Esse baixo desempenho do Brasil, assumindo um comportamento de “vôos de galinha”, é devido ao problemas fiscais. Se for observado os anos 2000, em que o país teve um bom desempenho, verifica-se que foram 16 anos de superávit primário nas contas públicas.

Hoje já estamos em cinco anos de déficits primários consecutivos.Com uma dívida bruta de mais 78% do PIB.

Reformar a previdência, e portanto, avançar no reequilíbrio fiscal não é garantia de crescimento econômico. Mas sem dúvidas sem a reforma a trajetória é de piora nos indicadores de crescimento e renda per capita. Em breve saberemos qual caminho vamos seguir.

Curso de fotografia com Geyson Magno

O conceituado fotógrafo Geyson Magno agendou para os dias 18 e 25 de maio e 1º de junho o ‘Pinhole Fotografia na Lata’, com construção de câmera, rolezinho fotográfico, revelação e ampliação. O investimento é de R$ 150.

Asces-Unita promove debate sobre democracia e regimes totalitários

“Democracia e riscos de regimes totalitários” é o tema da roda de conversa que será promovida nesta sexta (10), pela Asces-Unita, por meio do Instituto de Estudos Avançados (IEA). Os professores italianos Marco Luppi e Marco Martino, do Instituto Universitário Sophia, da Itália, serão os principais debatedores da noite, abordando as características dos regimes totalitários durante a história e como se evidenciam nos dias de hoje. A mediação é do professor Fernando Andrade. A roda de conversa será realizada no auditório do Polo Agreste, localizado no Bairro Petrópolis, a partir das 19h. A entrada é gratuita.

IBGE: inflação da construção civil registra 0,34% em abril

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) registrou inflação de 0,34% em abril deste ano, 0,18 ponto percentual abaixo do mês anterior (0,52%). Em abril do ano passado, a taxa havia ficado em 0,26%. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o indicador acumula taxa de 4,95% em 12 meses.

Com a alta de preços de abril, o custo nacional da construção, por metro quadrado, passou para R$ 1.130,67.

O custo da mão de obra cresceu 0,36% no mês e passou para R$ 540,52 por metro quadrado. Já os materiais ficaram 0,33% mais caros e passaram a custar R$ 590,15 por metro quadrado.

Por Vitor Abdala – Repórter da Agencia Brasil
Foto: Antonio Cruz/Ag. Brasil

Michel Temer se entrega à Polícia Federal após ter prisão determinada

TSE arquiva investigação de crime eleitoral contra Haddad

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, ontem (9), arquivar uma ação de investigação judicial eleitoral contra o ex-candidato à Presidência da República, Fernando Haddad.

A ação foi protocolada no ano passado pelo então candidato a deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP). Segundo ele, Haddad era suspeito de praticar caixa 2 e não teria declarado o pagamento de um milhão e duzentos mil reais na contratação de uma empresa de pesquisas.

Segundo o relator do caso no TSE, ministro Jorge Mussi, o gasto do candidato do PT foi realmente declarado. A partir desse entendimento, os demais magistrados seguiram o voto do relator.

Fonte: Agência da Rádio Mais

Foto: Vide Aguiar/Futura Press/Estadão Conteúdo

PMC promove oficina de formalização de associações e cooperativas femininas

Neste sábado (11), a Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), realizará uma oficina de incentivo para criação e formalização de associações e cooperativas. A capacitação será voltada para grupos de mulheres empreendedoras de vários segmentos que atuam em Caruaru de modo informal. O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP) estará ministrando a oficina das 07h30 às 13h.

O evento irá emitir certificado de participação para as mulheres envolvidas.  Estarão presentes grupos das lavadeiras da Lavanderia Pública Municipal do bairro do Centenário, de Caruaru, as formandas dos cursos do Qualifica Caruaru / Mulher Que Faz em mecânica e manutenção de moto e em manutenção de máquinas de costura. Além delas, também participação membros de grupos de empreendedoras informais, incluindo as negociantes do Residencial Luiz Bezerra Torres.

“O objetivo é auxiliar grupos de mulheres já formados em vários segmentos, mas que ainda estão em processo informal, a chegarem na formalização, seja em associações ou cooperativas, indicando o passo a passo”, destacou a secretária da SPM, Juliana Gouveia. “Mesmo estando a cada dia fortalecidas, essas mulheres precisam se formalizar para alcançar mais estrutura para escoar seus produtos em feiras, eventos, exposições, a nível regional”, complementou.

I Fórum de Serviço Social da Uninassau Caruaru continua com inscrições abertas

O I Fórum de Serviço Social, que será realizado entre os dias 13 e 15 de maio, pelo curso de Serviço Social da Faculdade Uninassau Caruaru, segue com inscrições abertas. Atividade será gratuita e reunirá estudantes, professores e pesquisadores. O evento terá como tema central “Serviço Social e Política Social em Tempos de Crise: Reestruturação Produtiva, Contrarreforma do Estado e Ascensão Neoconservadora”. As inscrições devem ser feitas através do site https://extensao.uninassau.edu.br/DetalhesEvento.aspx?EventoId=15750.

O evento contará com palestras, apresentação de artigos (os três mais bem avaliados receberão um certificado de melhor produção) e dos grupos de trabalhos (GT’s). Os participantes também poderão discutir sobre temáticas que estejam sendo vivenciadas por outros espaços institucionais, corroborando, assim, para o diálogo crítico.

A coordenadora do curso de Serviço Social da Uninassau Caruaru, Alanna Cristina, falou do objetivo do Fórum. “O evento visa discutir o processo político e as políticas sociais no contexto contemporâneo, ampliando o debate para as diversas áreas em que o serviço social é atuante.  O compromisso com a ética frente aos desafios cotidianos tem trazido para este evento o fortalecimento de uma categoria que luta e resiste em prol de uma sociedade potente e propulsora de novos arranjos no tocante ao desvelamento das novas possibilidades”, explicou.

Publicidade

Facebook

x