domingo, 22 de setembro de 2019

Produção de ovos tem primeira queda em 22 anos, diz IBGE

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é a primeira vez na série histórica (iniciada em 1997) que ocorre uma queda neste tipo de comparação.

Apesar da queda em relação ao último trimestre de 2018, a produção de 908,43 milhões de dúzias do primeiro trimestre deste ano é 5,6% maior do que a registrada no mesmo período do ano passado.

A aquisição de leite (6,18 bilhões de litros) também caiu em relação ao último trimestre de 2018 (-7,8%) e cresceu na comparação com o primeiro trimestre daquele ano (2,8%). Já a aquisição de couro (8,37 milhões de peças inteiras) caiu 6,9% em relação ao último trimestre e 3,5% em relação ao primeiro trimestre de 2018.

Abate

O abate de bovinos, que somou 7,77 milhões de cabeças no primeiro trimestre deste ano, caiu 4,6% em relação ao último trimestre, mas cresceu 0,3% na comparação com o primeiro trimestre de 2018. O abate de suínos, que totalizou 11,27 milhões de cabeças, teve altas nos dois tipos de comparação: 0,7% em relação ao último trimestre e 5,2% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

O abate de frangos (1,45 bilhão de animais) teve aumento de 2,3% em relação ao último trimestre de 2018, mas caiu 2% na comparação com o primeiro trimestre daquele ano.

 

Por Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil
Foto: Arquivo Agência Brasil

Lei permite medidas emergenciais a mulheres vítimas de violência

O prazo para sanção ou veto presidencial terminava hoje. A relatora do Projeto de Lei no Senado, Leila Barros (PSB-DF), confirmou a assinatura do presidente, que transformou o projeto em lei, sem vetos.

“Hoje no finalzinho da tarde o presidente sancionou o PL 94, sobre as medidas protetivas [para as mulheres vítimas de agressão] nas primeiras 24 horas”, disse a senadora. “Sabemos que nos rincões desse país existem muitos municípios que não têm comarca e muitas mulheres são vítimas de violência e não têm medida protetiva naquelas primeiras 24 horas. Sabemos que [as primeiras 24 horas] são a diferença entre a vida e a morte de muitas delas”. Leila acompanhou, no Palácio do Planalto, a sanção do PL.

O texto prevê que a autoridade policial poderá determinar a medida protetiva em cidades onde não haja um juiz para fazê-lo. Assim, o delegado ou até o próprio agente, na ausência do delegado, poderá determinar que o agressor saia de casa, mantendo distância da vítima até a análise do juiz. Segundo o texto, a autoridade policial deverá informar a decisão ao juiz da comarca mais próxima em até 24 horas.

Atualmente, a lei estabelece um prazo de 48 horas para que a polícia comunique o juiz sobre as agressões, para que, só então, ele decida sobre as medidas protetivas. A efetiva aplicação de medidas, no entanto, pode levar mais tempo para ocorrer, uma vez que a decisão só passa a valer após o agressor ser encontrado e intimado por um oficial de justiça.

lei encontra resistência entre os magistrados. A categoria alega que o texto confere à polícia uma competência exclusiva do Judiciário. Já representantes da Polícia Civil entendem que a medida pode salvar a vida de muitas mulheres.

“É muito comum as vítimas fazerem a ocorrência e voltarem à delegacia enquanto ele ainda não foi intimado de uma decisão judicial. E ela volta dizendo ‘ele está me mandando recado todos os dias, estou me sentindo muito ameaçada’”, disse a delegada-chefe da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), Sandra Melo, em entrevista à Agência Brasil.

Por Marcelo Brandão – Repórter da Agência Brasil
Foto: Arquivo Agência Brasil

Artesãs atendidas por projeto da PMC participam da Feira das Mães Empreendedoras

Dez artesãs atendidas pelo projeto “Mulheres Empreendedoras”, da Secretaria de Políticas para Mulheres de Caruaru (SPM), participaram da 1ª Feira das Mães Empreendedoras promovida pelo Espaço Colaborativo Colmeia no último sábado (11), em Caruaru. O evento foi sediado no bairro Maurício de Nassau e contou com diversas opções de presentes produzidos por artesãos locais. Entre os produtos comercializados pelas mulheres acompanhadas pela SPM estavam artigos em crochê, essências para ambientes, material de massagem, cremes artesanais, confecção, bonecas em feltro, flores artificiais, bolsas, quadros personalizados, entre outros.

O projeto da SPM, que possibilita o ingresso das artesãs em ações como esta, é o mesmo que promove capacitações para o grupo com o intuito de incentivar o empreendedorismo das mulheres e a autonomia econômica, como a realização das diversas edições da Feira da Mulher Empreendedora em datas pontuais e as capacitações. A última formação foi uma oficina de incentivo para criação e formalização de associações e cooperativas femininas realizada no sábado (11) para mulheres empreendedoras de vários segmentos que atuam em Caruaru de modo informal.

“A ideia é fortalecer o empreendedorismo feminino, contribuir para a autonomia econômica das mulheres, trazer essa parceria público-privada para fortalecer o projeto, mostrar em outros espaços e manter o diálogo com as participantes, capacitando-as cada vez”, destacou a secretária da SPM, Juliana Gouveia.

PMC disponibilizou estrutura para feirantes que perderam bancos em incêndio

Ontem (13), a Prefeitura de Caruaru garantiu a normalidade do trabalho dos feirantes que tiveram seus bancos atingidos pelo incêndio, na Feira da Sulanca, setor Brasilit, na semana passada. Foi disponibilizado um toldo e bancos provisórios. Uma comissão formada por secretários municipais e o vice-prefeito, Rodrigo Pinheiro, acompanharam de perto a primeira feira, pós incêndio.

O trabalho aconteceu normalmente e os clientes estiveram fazendo suas compras satisfeitos. “Fiquei preocupada com a notícia do incêndio, porém quando cheguei ao local puder fazer minhas compras tranquilamente. A prefeitura está de parabéns com a agilidade que teve para não prejudicar a vida desses feirantes e também a nossa, compradores”, disse Regina Silva, da cidade de Maceió.

“Apesar do prejuízo que tive, tenho que agradecer a Deus por esse incentivo. Participei da reunião com a prefeita, Raquel Lyra, e tudo que foi prometido foi cumprido”, afirmou Erivaldo José, que trabalha há 22 anos na feira de Caruaru.

“A Prefeitura desde o início esteve presente para ajudar os sulanqueiros que tiveram perda com o incêndio. Por isso, agimos de imediato e garantimos a instalação da estrutura de barracas provisórias para que eles pudessem comercializar hoje”, explicou o secretário extraordinário da feira, José Pereira.

Projeto – O pedido foi enviado para a Câmara de Vereadores, pela prefeita Raquel Lyra, para a abertura de um valor adicional especial de até R$ 250 mil reais para o orçamento do município.

O auxílio ficou determinado da seguinte forma: R$ 5 mil para um banco cadastrado; R$ 4 mil para duas unidades cadastradas e R$ 3 mil para cada unidade a partir de três cadastros.

O projeto será votado, nesta terça-feira (14), na Câmara dos Vereadores. Caso seja aprovado, os feirantes receberão o crédito de apoio na quarta-feira (15), em parcela única.

Vila do Rafael recebe Protejo Qualidade de Vida no Campo em Caruaru

Ontem (13), o projeto “Qualidade de Vida no Campo”, da Prefeitura de Caruaru, executado pela Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), seguiu para a Vila do Rafael, na Zona Rural de Caruaru. As mulheres da comunidade puderam contar com consulta de avaliação nutricional e dicas de alimentação oferecidas pela equipe do curso de nutrição da Faculdade Maurício de Nassau.

A próxima parada será no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Bairro das Rendeiras, nesta sexta-feira (17), a partir das 09h. No dia 22, a atividade segue para a Associação de Moradores de Gonçalves Ferreira, e no dia 24 para a Escola da Vila Canaã, sempre a partir das 09h.

O projeto é fruto de uma parceria da UNINASSAU com a SPM e tem como atividades fixas as aulas de hidroginástica e pilates de graça para mulheres de diversas comunidades, na sede da instituição.  O projeto também atua de forma itinerante, levando ações de qualidade de vida para as mulheres da zona rural e dos bairros mais afastados da cidade.

População de Caruaru será beneficiada com Unidade Móvel Odontológica

Caruaru 162 anos – Dentro da programação de aniversário de Caruaru, a Prefeitura do município, através da Secretaria de Saúde, entrega aos caruaruenses, nesta terça-feira (14), a Unidade Móvel Odontológica, um equipamento que vai beneficiar a população de áreas com difícil acesso, pessoas em situação de rua e alunos da rede municipal das áreas urbana e rural.

Também chamado de “Odontomóvel”, o veículo é um consultório adaptado, que possibilita a ida do serviço até a população, mudando a lógica do atendimento da Saúde Bucal. A entrega está marcada para às 11h, no Ponto de Apoio do Sítio Sagui, no terceiro distrito da zona rural de Caruaru.

Com o novo equipamento espera-se realizar cerca de 250 atendimentos por mês e ampliar o acesso para a realização de procedimentos clínicos, como: atividades de prevenção da cárie, tratamento restaurador, limpeza de tártaro, extração dentária, entre outros.

Serviço:

Entrega do Odontomóvel

Data: 14.05.19 (terça-feira)

Horário: 11h

Local: Ponto de Apoio do Sítio Sagui (3º distrito – Serra Velha)

Lava Jato nos ares

A delação premiada, ou acordo de colaboração, trouxe a possibilidade de se conceder benefícios àqueles acusados que cooperam com a investigação. E nas últimas semanas ganhou um novo capítulo, agora nos céus.

Um dos donos da Gol Linhas Aéreas, Henrique Constantino, afirmou, em delação premiada, que teve pedidos de propinas no valor de R$ 10 milhões, feitas por Michel Temer, então vice-presidente, e dos deputados Eduardo Cunha (MDB-RJ) e Henrique Eduardo Alves (MDB-RN).

São citados também como recebedores de valores da Abear, o ex-senador Romero Jucá (MDB-RR), o ex-deputado Vicente Cândido (PT-SP), o senador Ciro Nogueira (PP-PI), além de Marco Maia, Edinho Araújo, Otávio Leite, Bruno Araújo, Rodrigo Maia e outros. O objetivo era atender interesses da empresa no trato com a Caixa Econômica Federal.

No Brasil existe uma cultura histórica de privatização do espaço público. Não é só no ambiente político em que se vive esse fenômeno, de que se não tem dono, ou se o dono é o estado, se é público é meu. É o caso clássico de pessoas que fazem a seguinte intelecção: de quem é o que é público? É do povo, então se é do povo, é meu, pois eu sou o povo!

Variações piores são vividas nesse trato entre público privado. Questões relacionadas à impunidade, índole dos envolvidos e relação espúria dão a tônica de como no Brasil há uma privatização quase que informal, ilegal do que é público.

Um flanelinha, que ocupa um espaço, e me diz que as vagas são dele e que “o senhor passou muito tempo me dando um prejuízo”. Ou ainda uma churrasqueia pertencente a um restaurante, colocada na calçada, no passeio público, havendo, pois, uma apropriação de um daquilo que era público. Esses exemplos são dimensões de uma mesma história, muitas vezes já contada.

Cabe ao Judiciário, respeitando o contraditório, a ampla defesa, apurar os fatos indicados nas delações premiadas.

Em uma frase que já virou clássica, cunhada pelo professor Leandro Karnal, encontramos a seguinte declaração: “Não existe país com governo corrupto e população honesta”

Pedidos de recurso e revisão do INSS passam a ser feitos por internet

A partir de hoje (13) os pedidos de revisão de valor do benefício, de recursos e de cópia de processos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderão ser feitos apenas pela internet, no Meu INSS, ou pelo telefone 135.

A estimativa do INSS é que atualmente esses serviços levem mais de 70 mil pessoas por mês às agências. Com as solicitações feitas pela internet ou telefone, o órgão espera melhorar o atendimento ao público e poupar trabalho e gastos aos cidadãos que precisam se descolar em busca de uma agência do órgão.

A mudança faz parte do projeto de transformação digital implantado pelo INSS para ampliar a oferta de serviços digitais.

Como acessar o Meu INSS

O Meu INSS é acessível por meio de computador ou celular. Para usar o serviço é preciso se cadastrar e obter uma senha no próprio site. Também é possível obter a senha no internet banking de instituições da rede credenciada que são Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, Itaú, Mercantil do Brasil, Santander, Sicoob e Sicredi. Em caso de dúvida, basta ligar para o 135.

Para acessar os serviços de cópia de processo, revisão e recurso basta ir em Agendamentos/Requerimentos, escolher o requerimento ou clicar em Novo Requerimento, atualizar os dados caso seja pedido e, em seguida, escolher a opção Recurso e Revisão ou Processos e Documentos. Este último é para aqueles que buscam uma cópia de processo.

Por Agência Brasil
Foto: Antônio Cruz /Ag. Brasil

Dia das Mães é celebrado nas unidades da Funase

Atividades pedagógicas que estimulam a criatividade e o envolvimento dos adolescentes estão dando o tom das celebrações do Dia das Mães nas unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). Ao longo da semana, várias ações foram promovidas com a participação dos socioeducandos e de funcionários da instituição, com presença em peso das homenageadas. Neste domingo (12), dia de visita de familiares às unidades socioeducativas em todo o Estado, também estão ocorrendo ações alusivas à data.

Café da manhã, música ao vivo e um coral composto por socioeducandos marcaram a celebração na Casa de Semiliberdade (Casem) Areias, no Recife. O evento ainda teve a presença de um cover do cantor Reginaldo Rossi. Outra unidade da Funase que promoveu ações referentes ao Dia das Mães foi a Casem Casa Amarela. Além de distribuir presentes, a equipe técnica da unidade preparou um bingo, gerando um envolvimento coletivo de mães e filhos na brincadeira.

As unidades que atendem o público feminino também realizaram festividades. No Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Santa Luzia, houve apresentações, louvores e sorteio para as homenageadas. O evento também contou com a participação da coordenadora do Eixo Educação da Funase, Sônia Melo. Já no Centro de Internação Provisória (Cenip) Santa Luzia, a programação também se estendeu para funcionárias, tias e avós das socioeducandas. Na Casem Santa Luzia, as adolescentes participaram de uma roda de música com a presença de um ex-socioeducando da Funase, que falou de suas experiências de superação.

No Cenip Caruaru, no Agreste do Estado, corações, flores e uma decoração feita com ajuda dos jovens reforçaram o afeto e o carinho para receber a visita das mães. As participantes foram beneficiadas com brindes. No Case/Cenip Arcoverde, no Sertão, a festividade ocorreu na quadra da unidade e também teve a presença maciça de familiares dos socioeducandos. Na Casem Petrolina, a data foi celebrada com vídeos, música e brindes distribuídos para as mães que compareceram.

No Case Cabo de Santo Agostinho, houve ações específicas do Grupo de Orientação sobre Drogas voltado às famílias dos socioeducados (GOD-FAM). Neste domingo, o local deve receber mais atividades de atenção e valorização das mães dos internos no processo de cumprimento da medida socioeducativa. Ao longo desta semana, outras três unidades de internação – Abreu e Lima, Timbaúba e Caruaru – vão promover atividades alusivas à data. Na sede da Funase, no Recife, as homenagens foram voltadas às funcionárias que são mães. Elas participaram de um café da manhã e de um sorteio de brindes.

Sesc leva Arte da Palavra a Caruaru

A partir desta terça-feira (14), o projeto nacional Arte da Palavra, do Sesc, realiza uma série de atividades dedicadas à literatura em Caruaru. Até o dia 31, passam pela cidade os escritores Chacal (RJ), Cristiane Sobral (DF), Eliane Alves (RJ) e Laura Cohen (MG). A programação inclui oficina, encontros literários e contação de histórias na Escola Professora Adélia Leal e na Fafica.

Quem vai abrir a programação é o poeta e produtor cultural Ricardo de Carvalho Duarte, Chacal. Ele comanda duas sessões de contação de histórias no dia 14, com entrada gratuita –na Escola Professora Adélia Leal, às 15h, e na Fafica, às 20h30. Já no dia 21, as escritoras Eliane Alves e Cristiane Sobral participam de um intercâmbio literário mediado pelo professor Manuel Álvaro, nos mesmos locais e horários.

Cristiane iniciou a carreira em 2000 com a antologia “Cadernos Negros” (SP) e publicou cinco obras, incluindo “Não Vou mais Lavar os Pratos”. Eliane é conselheira municipal de Cultura do Rio de Janeiro, escreveu o premiado romance “Água de Barrela” e, em 2018, lançou “O crime do cais do Valongo”, pela editora Malê.

Já a escritora Laura Cohen (MG) vai ministrar a oficina do Circuito de Criação Literária, de 27 a 31 de maio, na Fafica, sempre das 18h às 22h. Durante o encontro, ela vai abordar as diferentes práticas da escrita, além de discutir os meios de produção e circulação das obras. Os interessados em participar devem procurar o Ponto de Atendimento do Sesc, entre os dias 20 e 27 de maio. A inscrição custa R$ 30. Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes têm desconto e pagam R$ 15.

O projeto – O “Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras” é um circuito atuante em todas as regiões do país que estimula a formação de leitores e a divulgação de novos autores, além de valorizar obras e escritores brasileiros e as novas formas de produção e fruição literária. Com um circuito de autores e outro de apresentações que privilegiam a oralidade, pretende-se que diversas possibilidades de manifestações literárias sejam contempladas. Como ação de complemento formativo, é oferecido também um circuito voltado para a reflexão e criação literária. Em curadoria coletiva, realizada por especialistas do Sesc de todo o país, são selecionados os artistas que participam do projeto.

Sesc?– O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 20 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar?www.sescpe.org.br.?

Serviço: Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras em Caruaru

Programação

Circuito de Oralidades – com Ricardo Chacal (RJ)

Data: 14 de maio

Locais: Escola Professora Adélia Leal, às 15h e Fafica, às 20h30

Entrada gratuita

Circuito de Autores – Com Cristiane Sobral (DF) e Eliane Alves (RJ)

Data: 21 de maio

Locais: Escola Professora Adélia Leal, às 15h e Fafica, às 20h30

Entrada Gratuita

Circuito de Criação Literária – com Laura Cohen (MG)

Data: de 27 a 31 de maio

Local: Fafica, das 18h às 22h

Inscrições: no Ponto de Atendimento da Unidade, entre os dias 20 e 27 de maio (R$ 15 – trabalhadores do comércio e dependentes / R$ 30 – público geral)

Informações: (81) 3721-3967

Publicidade

Facebook

x