terça-feira, 9 de agosto de 2022

Moda da Muchacha

Blusas sociais, blusas de botão, blusas executivas e tantos outros nomes similares para se referir ao mesmo tipo de roupa. O estilo de roupa que virou a modinha do momento na baladinha, nos shows e naqueles encontros casuais.

Vou te contar agora como foi a transformação da visão do estilo de blusa, que antes somente eram usadas por homens, depois somente em casos empresariais e, agora, usado por todos na modinha da MUCHACHA.

Porque será que esse look da ex-BBB Juliette causou tanto?! Antes, ninguém usava um top ou cropped sobreposto a uma blusa executiva, uma febre dos cactos que dominou a cabeça de muita gente. Justamente, por ser diferente e ninguém ter usado antes, conseguiu causar de uma forma que ninguém tinha causado.

Outra inovação se deu por conta da blusa folgada, aparentando ser maior que sua numeração normal.

Vamos falar sobre o grupo internacional de k-pop Blackpink, que usa, constantemente, blusas sociais em apresentações bem chamativas, dando uma nova cara para aquelas blusas que eram tidas somente com muita seriedade.

Uma moda que derivou o aspecto teen com o uso da saia preta rodada baixa. Se sua filha frequenta ambientes k-pop, provavelmente, ela irá querer se vestir a caráter. Virou moda se vestir de blusa de botão com uma saia rodada para descontrair e fazer referência ao gênero k-pop.

Além da cor branca vir com tudo, por dar certo em várias ocasiões, fica a dica para você usar blusas de botão pretas, rosa e vermelhas para contrastar com sua saia. Agora sim, o seu look k-poper ficará prontinho. Aliás, caso queira acrescentar um laço preto na gola, ficará muito charmoso.

Agora te convido a voltar no tempo com a MUCHACHA para descobrir como começou a febre de camisas de botão, que antes eram apenas usadas por homens.

Nos embalos de sábado à noite, lá vem ele John Travolta com a camisa preta social de gola gigante que dava para ver de longe. Esse look causou tanto nos anos 70 que, além de enfatizar a camisa social masculina, o contraste fora do comum do preto em sobreposição com o blazer branco, veio com tudo para chamar bastante atenção!

Depois de mais de três décadas com as camisas de botão sendo escanteadas, sendo usadas apenas por executivos, no ano 2020 até os dias atuais, elas voltaram com uma conotação diferente, trazendo descontração para inúmeros eventos com a diversidade de formas de usar.

Conta para Muchacha quais das duas opções você prefere: a camisa/blusa de botão, sendo executiva ou esportiva?! Fala comigo pelo meu Instagram @ystephaneamorim, aproveita e vem conferir os vídeos da MUCHACHA no canal do YouTube.

Um beijo no coração de vocês, até semana que vem!

Empresário de Caruaru esteve presente no maior evento de comércio eletrônico da América Latina

O empresário caruaruense Rafael Santos esteve presente no Fórum E-commerce Brasil, considerado o maior evento de comércio eletrônico da América Latina. Realizado em São Paulo, nos dias 26 e 27 de julho, o fórum reuniu 15 mil congressistas, que se dividiram em mais de 20 áreas de estudos com 200 palestrantes ao todo.  

Um dos pontos altos da participação de Rafael Santos no E-commerce Brasil foi o encontro com In Hsieh, responsável por trazer live commerce para o Brasil e hoje considerado uma das maiores autoridades no país sobre o assunto. Rafael contou um pouco de sua experiência como líder da maior loja online de iluminação do Nordeste.

O live commerce tem alcançado relevância no Brasil como uma importante estratégia de vendas. Em outros países, como a China, o movimento já está consolidado e chegou a ser responsável por 37,4% das vendas realizadas pelo comércio eletrônico em 2021, segundo a consultoria global eMarketer, arrecadando US$ 131 bilhões.

Através de transmissões ao vivo a partir de lojas, contando com a participação de apresentadores e influenciadores, o live commerce se propõe a engajar e interagir com o público, tendo como etapa final o direcionamento para as vendas no e-commerce.

No Brasil, algumas marcas já experimentaram o live commerce, como é o caso da Claro, C&A e Época Cosméticos, além do Mercado Livre, que já possui um campo para lives em seu aplicativo. Outros varejistas também vêm realizando testes para adotar o formato, como a Americanas.

Rafael Santos realizou em junho uma live da sua empresa Zig com mais de 1.800 pessoas interagindo simultaneamente, um número dificilmente alcançado por grandes empresas. Em menos de 24 horas, foram efetivadas mais de 1.000 vendas em 26 Estados, através da audiência da live. Rafael hoje se tornou referência nacional em vendas on-line com foco em lustres e luminárias.

Ceaca realiza doações de alimentos

A Prefeitura Municipal, por meio da Central de Abastecimento de Caruaru (Ceaca), realiza, semanalmente, doações de alimentos para instituições beneficentes. Esses alimentos são doados por comerciantes da Ceaca e destinados para alimentar pessoas em situação de fome, de Caruaru, como também de municípios circunvizinhos.

As frutas e as verduras, que não forem comercializadas e que ainda estão boas para o consumo, são selecionadas para distribuição. Na semana passada, foram doados tomate, cenoura, coentro, batatinha, banana, laranja, abacate e inhame.

Os contemplados, da última semana, foram o Centro de Estudos Espíritas Chico Xavier, Dorinha do Sopão e o Desafio Jovem, além da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Caruaru (SDSDH), que faz um sopão para 250 pessoas em situação de rua.

MotoFest 2022 terá grandes nomes da música regional e nacional

Como já anunciado anteriormente, a edição 2022 do MotoFest terá início, a partir do dia 8 de setembro, com programação até o dia 11. Com mais de 10 atrações, o maior encontro de motos da região, além de grandes nomes da música nacional, como a banda Detonautas e o cantor Toni Garrido, ex-Cidade Negra, também trará nomes conhecidos da cidade e da região.

Além de muita música, a edição deste ano, contará com palestras, exposição, espaço de convivência, vendas de produtos e muito mais. A programação musical terá início, na quinta-feira (8) e será finalizada no sábado (10). Os shows serão realizados no Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga.

Confira a programação oficial:

Quinta-feira (8 de setembro)
20h- Funky Monks
22h- Rockalito

Sexta-feira (9 de setembro)
20h- Mac Fly Band
22h-Detonautas
00h- Os Outros Caras

Sábado (10 de setembro)
14h- Visão Noturna
16h-Hitzback
18h- Rock Man
20h- Banda Cine Club
22h- Toni Garrido
00h- Sombra dos Anjos

Caruaru recebe evento gratuito em homenagem a Dia do Estagiário

O estágio é um dos principais processos para complementar a formação dos estudantes e contribuir com a inserção no mercado de trabalho. Regulamentado por Lei, esse tipo de contratação é voltado para alunos que tenham a partir de 16 anos e desejam conhecer mais de perto a profissão escolhida.

Para celebrar essa dinâmica de trabalho, foi instituído, em 1982, o Dia do Estagiário, comemorado em 18 de agosto. Em homenagem à data, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) realizará, em Caruaru, uma programação gratuita na próxima sexta-feira (19).

O evento, que acontecerá das 14h às 17h, na sede do Instituto, será voltado para estagiários de nível médio, técnico e superior. A programação contará com sorteios, dinâmica de jogos e uma palestra sobre Personal Branding, que tem o intuito de auxiliar os participantes a construírem sua marca pessoal e a se destacarem no meio de trabalho.

As inscrições estão sendo realizadas por meio do site: https://ielpe.org.br/capacitacao/dia-do-estagiario-caruaru/. A sede do IEL Caruaru está localizada na Rua Padre Félix Barreto, Nº 79, bairro Maurício de Nassau.

Serviço

Comemoração do Dia do Estagiário – IEL Caruaru

Data: 19 de agosto (sexta-feira)
Horário: 14h às 17h
Inscrições: Gratuitas, por meio do site https://ielpe.org.br/capacitacao/dia-do-estagiario-caruaru/
Local: IEL Caruaru (Rua Padre Félix Barreto, Nº 79, bairro Maurício de Nassau)

Santander destinará R$ 2 milhões para organizações sociais que impulsionam o trabalho e a renda de jovens e adultos

O Santander Brasil lançou o edital do Prepara Futuro, programa que destina recursos a organizações sem fins lucrativos que trabalham com inclusão produtiva. No total, serão R$ 2 milhões divididos entre 10 instituições de todo o País, que atuam com formação pedagógica, técnica e comportamental de jovens e adultos ou com o fomento à geração de renda.

O Prepara Futuro irá monitorar e avaliar os projetos apoiados para acompanhar a evolução e oportunidades geradas. “Ser o Banco que apoia a sociedade brasileira na sua transformação para o futuro é mais do que um compromisso, é a estratégia que pauta nossos negócios e está presente nos resultados e mudanças que proporcionamos aos clientes e parceiros”, conta Carolina Learth, líder de sustentabilidade do Santander.

Para ser elegível ao programa as organizações selecionadas precisam ser constituídas em território nacional, ter experiência comprovada na execução da proposta apresentada, capacidade técnica e de gestão e demonstrar transparência em suas prestações de contas. As inscrições para o edital Santander Prepara Futuro podem ser realizadas do dia 01 até 15 de agosto, pelo site https://www.monitorsocial.org.br/santander.

Ideathon do XVIII CITE fomentará soluções criativas para Educação, Sustentabilidade e Serviços

Sucesso absoluto em sua estreia no Congresso Internacional de Tecnologia na Educação do ano passado, o Ideathon retorna ao evento como um dos destaques da sua 18º edição, entre os dias 21 e 23 de setembro. O objetivo dessa maratona de ideias colaborativa, realizada pelo Sistema Fecomércio/Sesc/Senac em parceria com o Armazém da Criatividade, é reunir estudantes, professores e demais profissionais da educação para criar e propor soluções para problemas ligados aos eixos de Educação, Sustentabilidade e Serviços. O evento acontecerá de forma presencial em Caruaru e também terá a opção de participar remotamente. As inscrições estarão disponíveis no site do Congresso https://tecnologianaeducacao.com.br/, na aba Ideathon, até o dia 12 de setembro.

A metodologia do Ideathon contará com mentores promovendo oficinas, meetups e pitchs sobre inovação e negócios na área educacional. A atividade será aplicada por meio de uma maratona em imersão na qual programadores, pessoas da área de Tecnologia, Administração, Gestão, Comunicação, Design, estudantes universitários e de nível médio, professores e profissionais de negócios se reunirão para criar projetos inovadores e criativos a partir de um determinado tema. Ao todo serão disponibilizadas vagas para 60 pessoas no presencial e 40 no virtual, tendo possibilidade de 12 times de 5 até pessoas.

“Não é novidade falar sobre como a pandemia foi uma aceleradora de transformações, alterando a dinâmica das relações sociais, econômicas, não poupando também a educação. Essa realidade irrevogável nos move a propor em conjunto de soluções criativas para os problemas que já são observados, bem como para aqueles que ainda surgirão. Pelo segundo ano consecutivo, o Ideathon compõe a programação do Congresso Internacional de Tecnologia na Educação, buscando sintonizar estudantes e educadores a essas demandas, gerando impactos positivos na educação na verve empreendedora das pessoas”, pontua Bernardo Peixoto, presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac Pernambuco.

Após as apresentações das soluções pelos grupos participantes, os jurados preencherão um formulário de avaliação, que definirá o pódio com 1º, 2º e 3º lugar. Entre os prêmios, hospedagens de fim de semana para cada participante da equipe em um dos hotéis do Sesc Pernambuco; bolsa de idiomas para cada participante (Beginners); e contratação gratuita no serviço de Endereço Fiscal para abertura do CNPJ do time.
 
Congresso – O Ideathon integra a programação do XVIII Congresso Internacional de Tecnologia na Educação, que acontece nos dias 21, 22 e 23 de setembro, em formato híbrido e descentralizado, com atividades em Caruaru (presenciais) e em Recife e Petrolina (híbridas), além de totalmente virtuais. Serão oferecidas 30 palestras e 8 oficinas capitaneadas por nomes importantes do cenário nacional, além de apresentações culturais, shows, tour pedagógico, Espaço do Conhecimento, Salão de Tecnologia e Empreendedorismo.

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos divulga programação do Dia Internacional da Juventude

Em comemoração ao Dia Internacional da Juventude (12 de Agosto), a Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH), divulgou programação de atividades referente à data. Elas ocorrerão junto aos adolescentes e jovens do projeto Juventude Vitalina, bem como aos estudantes das escolas municipais, das Casas de Acolhimento e do CASEM.

O objetivo do evento é estimular o debate sobre a construção de políticas públicas que beneficiem a construção de vidas pautadas na garantia de direitos e no desenvolvimento pleno desse público. Isso ajuda no fortalecimento de vínculos com os jovens, aprofundando o debate sobre os cuidados, direitos e garantias deles.

Para a secretária da SDSDH, Dayse Williane, as atividades se tornam ferramentas de grande importância para o debate sobre as especificidades e necessidades dessa faixa etária. “A data deve ser entendida não só como um momento de comemoração, mas, principalmente, como momento de explicitar a real necessidade dos jovens ao redor do mundo, enaltecendo a importância de inseri-los nas discussões de construção de políticas públicas de saúde, educação, trabalho, cultura, para que exerçam seu o protagonismo”, pontuou.

Para mais informações sobre a programação e inscrições, os interessados devem entrar em contato através do telefone: 81 99129-4095.

Programação:

08/08 às 14h – Atividade na Escola Municipal Padre Pedro Aguiar, localizada no Residencial Alto do Moura;

09/08 às 9h e às 14h – Atividade na Casa do Trabalhador;

10/08 às 14h – Atividade na Escola Municipal Dom Bernardino Marchió, localizada no Residencial Luiz Bezerra Torres;

11/08 às 14h – Atividade no CASEM (Casa de Semiliberdade);

12/08 às 14h – Oficina de formação (a definir) com os adolescentes e jovens das Casas de Acolhimento;

13/08 às 09h – Sarau Cultural da Juventude em alusão ao Dia Internacional da Juventude;

Coluna Esplanada

BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE AGOSTO DE 2022

Cavendish em apuros

Dono da empreiteira Delta, Fernando Cavendish, que fez delação premiada para sair da cadeia, entrou em apuros novamente com o Ministério Público e a Justiça do Rio de Janeiro – e isso pode lhe custar a liberdade. O MP investiga suposta fraude no acordo envolvendo transação de créditos de R$ 375 milhões que Cavendish deu como garantia para se safar da cela. Antes da delação, ele vendeu créditos a receber em obras para a empresa Allianza Infraestrutura do Brasil S/A, de um grupo espanhol. Para não ser preso, Cavendish teria pedido aos parceiros empréstimo antecipado neste valor. Agora, a Allianza recorreu à Justiça para receber o dinheiro e esbarra no acordo de delação. O caso está na 7ª Vara Criminal da Seção Judiciária e se chegar ao juiz Marcelo Bretas, Cavendish pode ter a delação anulada. Procurado, o empresário não deu retorno.

Você paga

Uma surpresa: a União ainda custeia o Gabinete de Intervenção Federal na Segurança do Estado do Rio de Janeiro (que funcionou de fevereiro a dezembro de 2018). Tem sete pessoas em cargos comissionados, com salários de R$ 2 mil a R$ 9 mil. O interventor foi o general Braga Netto – hoje vice de Bolsonaro na chapa à reeleição. O Decreto Nº 11.157, de 29 de julho, cita que o Gabinete será extinto no fim do ano. Para o quê funcionou desde 2019, ninguém explica. Braga Netto foi exonerado em março de 2019.

Até o pãozinho

O brasileiro está sentindo muito no bolso a inflação alta. Restaurantes, bares, lanchonetes e padarias de Brasília registraram queda de 34,9% no faturamento em maio, em comparação com o mesmo mês de 2021, aponta estudo da Fipe. Os dados evidenciam que o ‘dragão’ também pegou a turma da capital com um dos maiores PIB do País. No mesmo período comparativo, compras em supermecados recuaram 27,1%.

Cassino em Noronha

A ação do Governo Federal no STF que visa retirar de Pernambuco o controle da ilha de Fernando de Noronha está no bojo de projeto bem maior que o da defesa do meio ambiente do paraíso. É fato que o turismo diário e a especulação imobiliária cresceram de forma alarmante, e o Governo estadual deve explicações. Lobistas de magnatas dos jogos sonham com resort e cassino na ilha. Projeto tem aval do clã em Brasília.

CIA de olho

É utopia pensar que o Governo dos Estados Unidos fica alheio às campanhas eleitorais do Brasil. Em 2002, dupla de ‘jornalistas’ americanos seguiu a agenda de Lula da Silva (PT) nas principais capitais. Entrou até numa canoa em travessia junto a barco entre Rio e Niterói. O cenário vai se repetir este ano, mesmo que discreto.

Nos trilho$

Uma deliberação do Tribunal de Contas da União de julho recomendou à ANTT que regulamente com mais rigor o setor ferroviário. É recado para renovação da Ferrovia Centro-Atlântica, tocada às pressas pelo Ministério da Infraestrutura, com meta de viabilizar o projeto ainda neste ano. A postura tem resistência dos Estados do Espírito Santo, Bahia e Rio de Janeiro.

Mínimo existencial: R$ 303,00

Por Hortênsia Nunes Braz de Oliveira

O Código de Defesa do Consumidor traz, entre os direitos básicos, os seguintes: a garantia de práticas de crédito responsável, de educação financeira e de prevenção e tratamento de situações de superendividamento, preservado o mínimo existencial; e a preservação do mínimo existencial.  Em consequência à estes, foi instituída a lei do superendividamento, a qual já tratamos por aqui (https://www.blogdovanguarda.com.br/a-lei-do-superendividamento/).

Acontece que visando regulamentar, alcançar e garantir os direitos acima mencionados, em 27 de julho de 2022 foi publicado no Diário Oficial da União o Decreto 11.150. Desta forma, o escopo do decreto foi cumprir a determinação legal e regulamentar a preservação e o não comprometimento do mínimo existencial para fins de prevenção, tratamento e conciliação de situações de superendividamento em dívidas de consumo, conforme aludido pelo Código de Defesa do Consumidor.

O decreto dentre outros prontos – diga-se de passagem absurdos – fixou o valor que deve ser preservado quando, as pessoas superendividadas – aquelas impossibilitadas de pagarem todas as dívidas de consumo, sem comprometer seu mínimo existencial – estiverem negociando dívidas e previne que sejam contraídos novos débitos. O valor fixado para a as situações de superendividamento, estejam elas em fase de prevenção, tratamento ou de conciliação, foi de 25% do salário-mínimo vigente na data de publicação do Decreto. Sendo assim, o decreto presidencial estabeleceu que o mínimo existencial equivale a R$ 303,00, de forma fixa.

Acontece que, um dos principais pontos da lei do superendividamento, como explanado em coluna anteriormente mencionada, é a permissão dada ao consumidor de requerer a repactuação de dívidas mantendo o equilíbrio com a renda e sejam preservados o mínimo existencial, as garantias e as formas de pagamento originalmente pactuadas. Como podemos notar, o decreto não conseguiu alcançar os objetivos legais e constitucionais, tendo em vista o verdadeiro retrocesso por ele implementado.

Por que digo isso?

Comentando sobre o tema o Instituto Brasileiro de Direito do Consumidor-IBDC afirmou que “valor do mínimo existencial é afronta ao povo brasileiro.”  Basta nos questionarmos se R$ 303,00, sim, trezentos e três reais são suficientes para sobrevivermos e possuirmos O BÁSICO E NECESSÁRIO? Complementando o IBDC disse que o “Decreto do Governo Federal coloca a população abaixo da linha da pobreza”. O que é a mais pura verdade, tendo em vista que se quer a dignidade da pessoa humana e viola os direitos e garantias constitucionais estabelecidas na Constituição Federal.

A norma estabeleceu em um valor ínfimo e irrisório para que os superendividados, de boa-fé, consigam sobreviver dignamente. Além disso, o Presidente da República impossibilitou a atualização do valor, tendo em vista que foi fixado em percentual aplicado ao salário-mínimo da época da publicação do decreto. Sendo assim, claramente o valor de R$ 303,00, que se quer – observando o texto atual do decreto – pode ser atualizado, não garante na prática o direito assegurado tanto na norma, quanto na Carta magna, tendo em vista que o mínimo existencial garantido pelo presidente da república aproxima-se mais da extrema pobreza do que mínimo existencial.

Devemos sempre lembrar que extrema pobreza é diferente de mínimo existencial, bem como que – popularmente explicando – um decreto regulamentador precisa tornar aplicável a norma “mãe” e não a retrocedê-la. O teor do decreto é claramente ilegal e inconstitucional tendo em vista que não respeita os diplomas legais vigentes, significando um extremo retrocesso e em completa dissonância com o plano internacional.

*Hortênsia Nunes Braz de Oliveira (hnunesboliveira@gmail.com / @hortensianboliveira) é advogada, membro da Comissão de Direito Imobiliário e Urbanístico da OAB-Caruaru, pós-graduada em Direito Processual Civil, Direito Tributário e Direito público.

Facebook

x