quinta-feira, 9 de julho de 2020

Aposentadoria de policiais pode ter batalha judicial com novo texto da reforma

O novo texto da reforma da Previdência – o relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) – faz uma mudança na aposentadoria dos policiais federais, policiais legislativos e agentes federais penitenciários e socioeducativos que pode alimentar uma disputa judicial já em curso. A proposta original enviada pelo governo Bolsonaro aumentava explicitamente o valor da aposentadoria dos policiais que ingressaram no serviço público entre 2004 e 2013.

Para esse grupo de profissionais, a reforma de Bolsonaro determinava benefício igual ao salário do último cargo ocupado, a chamada integralidade, à qual só têm direito servidores que ingressaram antes de 2004. Já o texto do relator diz, no artigo 6º, que os policiais e agentes “poderão aposentar-se, observada a idade mínima de 55 anos, na forma da Lei Complementar nº 51, de 20 de dezembro de 1985”.

Essa lei, anterior à Constituição, é justamente a que vem sendo usada por policiais federais (e policiais civis dos estados) para pedir na Justiça a aposentadoria mais alta. Isso porque a lei, modificada pela LC nº 144/2014, diz que o servidor público policial será aposentado “voluntariamente, com proventos integrais, independentemente da idade”, cumprida a contribuição mínima exigida.

Para policiais, “proventos integrais” equivalem ao salário do último cargo. A Advocacia-Geral da União e governos estaduais recusam essa interpretação e defendem que provento integral significa que o cálculo não será proporcional ao tempo de contribuição.

Segundo a AGU, policiais federais que ingressaram de janeiro de 2004 a fevereiro de 2013 não possuem direito à integralidade, e os que ingressaram a partir de 2013, já com a instituição da Funpresp, submetem-se as regras da previdência complementar.

Em parecer sobre a LC nº 51, emitido em 2017, a AGU afirma: “Proventos integrais e integralidade são conceitos distintos. O primeiro é espécie de benefício pelo cumprimento integral das regras estabelecidas, em contraposição aos proventos proporcionais. A integralidade, por sua vez, era a forma de cálculo para definição do valor do benefício, correspondente à totalidade da remuneração, suprimida pela Emenda Constitucional nº 41, de 2003”.

Também há divergência de interpretação no caso dos policiais civis, que, por enquanto, estão excluídos do texto da reforma (estados e municípios precisarão aprovar em seus Legislativos regras próprias, de acordo com o texto do relator).
Em São Paulo, estado com o maior número de policiais civis (cerca de 30 mil), a interpretação também é que a integralidade só se aplica a quem ingressou até 31/12/2003.

“Somente terão direito à paridade e à integralidade os policiais civis que ingressaram no serviço público antes de 31 de dezembro de 2003 (Emenda Constitucional nº. 41/2003). Os demais terão seus proventos calculados pela média dos valores recebidos de 1994 até a data de sua aposentadoria”, afirmou em nota a SPPrev, responsável pela aposentadoria da Polícia Civil paulista, em abril deste ano.

Folhape

 

Suspeitos de assalto e morte de PM em Pernambuco são mortos em operação

Uma operação conjunta entre policiais civis e militares de Pernambuco e da Paraíba resultou, nesta terça-feira (2), na morte de oito suspeitos de participação no assalto e assassinato do policial militar André José da Silva, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste pernambucano, que ocorreram na manhã da segunda-feira (1º). Entre os suspeitos mortos estão seis homens e duas mulheres. Nenhum policial foi morto ou ficou ferido na ação.

Os fugitivos foram localizados por volta das 3h30 em uma área de matagal da cidade de Barra de São Miguel, localizada a 175 quilômetros da capital paraibana João Pessoa. Os policiais foram recebidos a tiros no local e um confronto se iniciou. A Polícia Civil de Pernambuco informou que foram apreendidos com a quadrilha o dinheiro do roubo em Santa Cruz do Capibaribe, duas pistolas 380, dois revólveres 38 e uma espingarda calibre 12 de repetição – a mesma utilizada na ação do dia anterior.

Os quatro suspeitos de praticarem o assalto fugiram e estavam escondidos no Sítio Boi Brabo, localizado no limite entre os municípios paraibanos de Riacho de Santo Antônio e Barra de São Miguel. De acordo com o tenente-coronel Lúcio Flávio de Campos, comandante do 24° Batalhão da PM, a inteligência da polícia monitorava a quadrilha quando outros quatro suspeitos chegaram ao local em dois carros para resgatar os demais. Nesse momento, o confronto teria se iniciado.

“Tentou-se a rendição, mas como já é uma prática desse tipo de criminosos, eles atentaram contra a vida dos policiais. Socorremos feridos para uma unidade de pronto atendimento, mas não resistiram. Eram bandidos extremamente perigosos e, pelas informações iniciais, envolvidos em diversos assaltos a bancos”, explicou o tenente-coronel em nota oficial.

Um dos mortos na operação foi o vereador da cidade pernambucana de Betânia Andson Berigue de Lima, conhecido como Nanaca, do Partido Progressista (PP), segundo a polícia. Ele teria ido resgatar o irmão, conhecido como Galego de Lena, suspeito de participação no crime em Santa Cruz. Era o líder do grupo, formado ainda por um primo desses irmãos, conhecido como Edys de Gevan.

Ainda segundo a Polícia Civil de Pernambuco, além desses três, um dos mortos é um homem conhecido como Wellington Cabeludo, também da cidade de Betânia, e uma mulher identificada apenas como Jácia de Siba, que manteria um relacionamento amoroso com Galego de Lena. Wellington e Galego possuíam mandados de prisão expedidos em ações criminosas contra bancos.

O Instituto Médico Legal (IML) da Paraíba foi acionado para fazer a remoção dos corpos. O enterro do policial André Silva ocorre na cidade de Santa Maria do Cambucá, no Agreste pernambucano, na tarde desta terça-feira.

Entenda o caso
Um policial militar foi morto e outro ficou ferido em um assalto a uma casa lotérica em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste pernambucano, na manhã da segunda-feira (1º). Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS), os agentes estavam a serviço do 24º Batalhão da Polícia Militar e a bordo de uma viatura fazendo rondas no local quando houve a investida contra o estabelecimento.

Os policiais se dirigiram ao local do assalto e foram surpreendidos pelos tiros dos assaltantes, que dirigiam um carro de passeio branco, por volta das 11h. Pelo menos quatro homens participaram da ação criminosa e nenhum deles foi preso.

magens de câmeras de monitoramento instaladas próximas à lotérica mostram o momento em que o carro da PM é atingido por tiros feitos pelos suspeitos. O vidro da porta traseira é estilhaçado e o carro recebe dezenas de tiros. O policial que dirige é atingido e morre no local. Ele foi identificado pela SDS como André Silva.

O outro, identificado apenas como Moacir, sai ferido do carro, tem quadro clínico estável e permanece sob cuidados médicos. A secretaria informou, em nota, que presta todo apoio necessário às famílias dos dois policiais.

Folhape

Leitura do parecer complementar da Previdência está marcada para hoje

A comissão especial da reforma da Previdência (PEC 6/19) na Câmara dos Deputados volta a se reunir na tarde de hoje (2) para a apresentação do voto complementar do relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), com algumas modificações no seu relatório. A possível reinclusão de estados e municípios na proposta ainda está em negociação.

Os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), estão reunidos com líderes partidários e governadores na residência oficial da Câmara desde a manhã para negociar que as novas regras valham também para servidores estaduais e municipais.

De acordo com o projeto enviado pelo governo federal, a proposta de emenda à Constituição (PEC 6/19) da reforma da Previdência valeria automaticamente para servidores dos estados e dos municípios, sem necessidade de aprovação pelos legislativos locais, mas esse ponto foi retirado do parecer do deputado Samuel Moreira.

O líder da maioria, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), defende a inclusão dos governos locais na PEC se os governadores conseguirem agregar votos das bancadas estaduais para a aprovação da reforma. “É preciso uma adesão muito clara dos governadores em torno da previdência. Eu defendo a entrada [dos estados e municípios na reforma] desde que haja o compromisso do voto. É muito cômodo você torcer para que se aprove uma reforma em seu benefício mas você se posicionando contra”.

Durante as conversas com os parlamentares na semana passada, os governadores afirmaram que a reforma como está não resolve o problema de caixa dos estados. Eles reivindicaram a aprovação de projetos que aumentem os recursos dos governos locais.

Por Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Rotary Club Caruaru

O biólogo, professor e colunista do Blog do Vanguarda Alexandre Henrique da Silva Nunes assumirá a presidência biênio 2019/2020 do Rotary Club Caruaru, nesta terça, 02 de julho, às 20 horas, em reunião festiva de posse do Conselho Diretor, na sede social do clube. Parabéns de toda equipe do Jornal Vanguarda.

COLUNA ESPLANADA

Brasília, Terça-feira, 2 de Julho de 2019 – nº 2.532

 

Tráfico militar

O Governo deu bobeira na fiscalização porque já sabe, há anos, dos riscos de transporte de drogas em veículos terrestres, em navios e nos aviões da Força Aérea Brasileira. É alto o número de militares das três Forças Armadas processados por porte ou tráfico de drogas em serviço entre os anos de 2014 e 2017, segundo levantamento do Superior Tribunal Militar para a Coluna. Neste período, foram nada menos que 271 condenados, julgados em 2ª instância, dentro do Artigo 290 do Código Penal Militar: “Tráfico, posse ou uso de entorpecente ou substância de efeito similar”.

Livres

O STM também registrou 136 processos com ‘punibilidade extinta’ de 2013 a 2017. E 45 militares foram absolvidos. Os dados de 2018 ainda estão em compilação.

Reforminha básica

Mesmo no aperto no cofre e fechando embaixadas, o Governo vai honrar compromissos de gestões passadas e reformar residências oficiais em alguns países.

Ah, ministro

O ministro Sérgio Moro frustrou delegados e agentes da Polícia Federal em discurso na Academia Nacional, na abertura do curso dos novos convocados, há dias, ao dizer que a PF já tem estatuto legal com autonomia e independência. É justamente por esses temas que corporação luta na PEC 412 que tramita na Câmara Federal há anos.

Reforço judicial

Delegados lembram que Sérgio Moro, enquanto juiz federal em Curitiba, teve de destinar recursos da Justiça para a PF comprar equipamentos e até pagar contas de luz, para a Operação Lava Jato não parar…

Desarticulação

A queda da MP 873, que instituía a cobrança de contribuição sindical por boleto, expôs mais uma vez a fragilidade da articulação do Planalto com o Congresso. Apesar de inúmeras tentativas, a líder do Governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), não conseguiu acordo nem para eleger o presidente e definir o relator da comissão.

 Pela tangente

A proposta, publicada no dia 1º de março, caducou na última sexta, 28, e havia recebido mais de 500 emendas para alterá-la. Agora, o Planalto e parlamentares aliados discutem a apresentação de um Projeto de Lei com mesmo teor da Medida Provisória.

Frevo da aliança

“O MDB de Pernambuco está pacificado”. A frase é do deputado federal Raul Henry que será o presidente da legenda e candidato à Prefeitura do Recife. O senador Fernando Bezerra Coelho constrói sua candidatura ao Governo com o apoio dos ex-adversários Jarbas Vasconcelos, novamente senador, e o federal Raul.

Índios & Justiça

O Conselho Nacional de Justiça aprovou Resolução específica para tratamento de indígenas acusados por crimes variados, em acordo com a Funai. Entre outras novidades, haverá encaminhamento dos autos do processo à Funai em até 48 horas; a garantia da presença de intérprete do processo; a realização de perícia antropológica.

MERCADO

Indústria vence

O decreto publicado ontem ampliando para 8% (de 1º de julho até 30 de setembro de 2019) e posteriormente para 10% (até 31 de dezembro de 2019) a alíquota do IPI sobre o xarope de refrigerante da Zona Franca de Manaus causará prejuízo diário de R$ 500 mil parta Estados e municípios, diz o deputado federal Fausto Pinato (PP-SP), presidente da Frente Parlamentar Mista em defesa da indústria brasileira de bebidas.

Drible oficial

Explica-se: a perda na arrecadação é em razão do paradoxo tributário que beneficia as companhias estrangeiras que possuem sede na Zona Franca, que conseguem reverter o IPI que deveriam pagar sobre o xarope em crédito tributário. Coisa do forte lobby.

Gás total 1

Na esteira da publicação de resolução do CNPE que traz diretrizes para a abertura do mercado de gás natural, o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, não perdeu tempo. Reuniu-se em Brasília com o diretor de Relações Institucionais da Associação Paulista das Cerâmicas de Revestimento, Luís Fernando Quilici.

Gás total 2

Enquanto Sergipe ganha destaque por novas descobertas de gás natural, as maiores desde o anúncio do pré-sal, o setor cerâmico tem importância na área da energia, por tratar-se do segundo segmento industrial que mais consome gás. Responsável por 14% de todo o consumo de gás natural de uso industrial no País, o setor cerâmico pode impulsionar o consumo no Estado e alavancar empregos.

 

 

Nas redes sociais, Carlos Bolsonaro ataca general Heleno

A disputa interna de poder no governo Jair Bolsonaro (PSL) ganhou novo capítulo nesta segunda (1º), com um ataque indireto do filho presidencial Carlos contra o general Augusto Heleno, chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional).

Como nos outros episódios em que pontificou ofensiva da ala autoproclamada ideológica do governo contra os militares que cercam o pai, o vereador carioca iniciou a carga com uma mensagem cifrada na rede social Twitter.

Carlos fez o comentário em uma página bolsonarista, a @snapnaro. Ela havia postado um vídeo de uma pessoa que se identifica como jornalista acusando o GSI e a FAB como cúmplices do sargento Manoel Silva Rodrigues.

O militar foi preso na semana passada na Espanha com 39 kg de cocaína no avião a serviço da Presidência que levava uma equipe precursora da comitiva que acompanhou Bolsonaro à reunião do G20, no Japão. O episódio virou vexame mundial, e Heleno o classificou de “azar”.

Carlos então comenta: “Por que acha que não ando com seguranças? Principalmente aqueles oferecidos pelo GSI? Sua grande maioria podem (sic) ser até homens bem intencionados e acredito que seja, mas estão subordinados a algo que não acredito. Tenho gritado em vão há meses internamente e infelizmente sou ignorado”.

O site bolsonarista ataca diretamente Heleno, dizendo que “a culpa é dele”, replicando o que assessores palacianos haviam dito quando o caso estourou. O general chegou a responder, dizendo que a responsabilidade pelas revistas de aeronaves era da FAB.
Carlos não chega a tanto, e nem é preciso. O vídeo replicado traz uma teoria conspiratória usual entre os apoiadores mais radicais do presidente: de que os militares em torno dele são influenciados pelo Foro de São Paulo, a entidade que reúne partidos de esquerda na América Latina.

O Foro é um dos alvos preferenciais de Olavo de Carvalho, escritor radicados nos EUA que influencia toda a ala ideológica do governo e acredita em uma conspiração marxista mundial. O seguem no governo os filhos de Bolsonaro, em especial Carlos e o deputado federal Eduardo, e os ministros Ernesto Araújo (Itamaraty) e Abraham Weintraub (Educação).

Quando a postagem começou a circular, militares de alta patente da ativa se manifestaram em grupos de WhatsApp, criticando duramente Carlos. Alguns defendiam um maior afastamento do governo Bolsonaro, o que já vem ocorrendo devido ao que consideram tratamento injusto das Forças pelo presidente. Entre os generais da reserva no governo, houve silêncio.

Os olavistas estão em alta. O presidente rearranjou as forças internas no Planalto nas últimas semanas, retirando dois generais ligados a Heleno de cargos importantes: Carlos Alberto dos Santos Cruz foi demitido da Secretaria de Governo, e Floriano Peixoto, rebaixado da Secretaria-Geral para os Correios.

Santos Cruz foi alvo de campanha aberta de Olavo. O Exército reagiu, escalando seu ex-comandante Eduardo Villas Bôas para rebatê-lo com dureza -só que Bolsonaro pôs panos quentes, defendeu o escritor e por fim demitiu o general. Villas Bôas é assessor de Heleno.

Desde então, crescem os rumores de que o general do GSI seria o próximo alvo da ala olavista. Até como forma de confrontar os boatos, Bolsonaro o levou para a viagem ao Japão. Sua posição como principal conselheiro do presidente, contudo, já está abalada há algum tempo.

No domingo (30), contudo, Heleno foi o único ministro do governo a subir em palanque no ato de desagravo ao ministro Sergio Moro (Justiça) e em favor da agenda de Bolsonaro. E o fez ao lado de Eduardo Bolsonaro, o que levantou a dúvida entre alguns militares sobre a natureza do ataque de Carlos.

O vereador é considerável mercurial. Teve uma relação difícil com o pai, que o obrigou a disputar ainda adolescente uma eleição para barrar a mãe na Câmara do Rio. Reaproximaram-se e Carlos assumiu a estratégia digital do presidente bem antes da campanha de 2018, e é o filho de Bolsonaro com maior influência sobre o pai.

Polícia busca suspeitos de matar PM em assalto à lotérica no Agreste

Um policial militar foi morto e outro ficou ferido em um assalto a uma casa lotérica em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste pernambucano, na manhã da segunda-feira (1º). Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS), os agentes estavam a serviço do 24º Batalhão da Polícia Militar e a bordo de uma viatura fazendo rondas no local quando houve a investida contra o estabelecimento.

Os policiais se dirigiram ao local do assalto e foram surpreendidos pelos tiros dos assaltantes, que dirigiam um carro de passeio branco, por volta das 11h. Pelo menos quatro homens participaram da ação criminosa e nenhum deles foi preso.

Imagens de câmeras de monitoramento instaladas próximas à lotérica mostram o momento em que o carro da PM é atingido por tiros feitos pelos suspeitos. O vidro da porta traseira é estilhaçado e o carro recebe dezenas de tiros. O policial que dirige é atingido e morre no local. Ele foi identificado pela SDS como André Silva.

O outro, identificado apenas como Moacir, sai ferido do carro, tem quadro clínico estável e permanece sob cuidados médicos. A secretaria informou, em nota, que presta todo apoio necessário às famílias dos dois policiais.

A Força-Tarefa Bancos – órgão do Governo do Estado formado pelas polícias Civil, Militar e Científica – realiza as buscas e investigações, coordenadas pelo delegado Bruno Machado, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Perícias foram feitas no local para buscar indícios que possam levar aos suspeitos.

“O trabalho será incansável até que haja uma resposta a esse crime”, afirmou a nota da SDS. Também trabalham em conjuntos órgãos da Paraíba e de Alagoas, possíveis rotas de fuga dos criminosos.

Estatísticas
Segundo estatísticas da Secretaria de Defesa Social, nos cinco primeiros meses deste ano houve 11 roubos consumados a instituições financeiras em Pernambuco. O número é 59% menor do que o registrado no mesmo período de 2018, quando ocorreram 27 ações.

Folhape

Empresas do Polo de Confecções apostam em consultorias para planejar coleções

Quando os empresários Ricardo Moraes e Diego Viana, da marca John  Cunningham, inauguraram a primeira loja de roupa masculina com fabricação própria, em Santa Cruz do Capibaribe,  seis anos atrás, não imaginavam os desafios que estariam pela frente. Perderam tempo, produção e dinheiro até identificar que uma consultoria para orientar no planejamento do negócio seria fundamental.

Desde o início deste ano, eles contam com o suporte do Núcleo de Consultorias do Senai de Santa Cruz do Capibaribe que ajudou, especialmente, a planejar o negócio, antecipar a produção e evitar o estoque. “A gente produzia em larga escala e a mercadoria acabava sobrando. Agora lançamos novidades a cada 15 dias, mas seguindo à risca um cronograma. Temos conseguido  dar saída nos produtos e evitamos o saldo de coleção”, afirmou Ricardo.

Bruna França, da AB&C moda infantil, compartilha experiência semelhante. Com seis lojas de fábrica e um mix que vai do baby até a moda infantil, tanto no masculino como no feminino,  há dois anos  sentiu a necessidade de um olhar externo para orientar e ajudar no crescimento da marca. “Temos 20 anos de empresa e batemos no topo.

Para avançar mais, precisávamos de novos recursos, novas experiências, novos profissionais. Então, o acompanhamento do Senai Santa Cruz do Capibaribe tem trazido resultados positivos. Conseguimos crescer ainda mais, principalmente na parte estratégica do produto”, revelou a empresária.

O acompanhamento do Senai ocorre uma vez por semana, nas próprias empresas. Os resultados mais expressivos, segundo os consultores, têm sido a maturidade que as empresas têm adquirido em relação a compreender melhor o seu ritmo de lançamento, a partir da consciência de qual a demanda real do mercado, além da construção de uma identidade/competitividade através do produto.

“Quando a consultoria identifica que um produto é o carro-chefe da marca, ela orienta não  apenas a renovação desse item, mas também indica quais serão os próximos passos a partir dele”, explicou a diretora do Senai Santa Cruz do Capibaribe, Cristina Barbosa.

Os empresários Bruna e Ricardo sabem bem como se antecipar é importante e estão cada vez mais focados no planejamento das coleções. A meta é trabalhar uma estação à frente. “Já estamos desenvolvendo a coleção que será lançada em dezembro. Isso trará um diferencial competitivo à marca”, prevê Bruna.

Planeta Verde

CONTROLE BIOLÓGICO

Também denominado de “biocontrole”, consiste na utilização de organismos (predador, parasito ou patógeno) no combate às pragas; é a regulação de uma população de organismos utilizando inimigos naturais. O termo “controle biológico” foi usado pela primeira vez em 1919 por Harry S. Smith. Mostrando que, em cima do princípio de que própria natureza tem como controlar o crescimento populacional desordenado, poderíamos desenvolver um controle natural. É um estudo complexo no combate as pragas. Inicialmente, iremos identificar as pragas, averiguar o seu desenvolvimento, estudar os inimigos naturais, os impactos da introdução dessa nova espécie e um acompanhamento criterioso dos resultados. Além de ter um custo acessível, o controle biológico é um processo natural.

AS PLANTAS NO INVERNO

Nesta estação, alguns cuidados são importantes para a manutenção do nosso jardim: continue limpando os canteiros vazios; evite de pisar na terra molhada do jardim para o solo não ficar compactado; faça as podas das árvores e dos arbustos;  faça tratamento específico para combater as pregas e doenças da época; combata os formigueiros que tenham aparecido sobre a grama; revolva a terra para expor ao sol os ovos de possíveis pragas; adube os canteiros com esterco bem curtido.

CUIDADOS COM PRODUTOS DE CONSERVAS

No momento da compra precisamos verificar a data de vencimento e o aspecto da embalagem – que não deve estar estufada (significa contaminação por bactérias produtores de gases), amassada (choque mecânico, além da perda de vácuo, ocorrerá contaminação na liberação de produtos de proteção da embalagem) ou enferrujada (tanto o transporte e armazenamento foram inadequados). Ao consumir o alimento, verifique a aparência, a cor, o cheiro e o sabor. Se estiver fora do “padrão”, descarte, pode causar sérios problemas de saúde.

MURIÇOCAS

As muriçocas estão no planeta a aproximadamente 150 milhões de anos. Vivem de 1 a 3 meses e uma fêmea pode colocar de 200 a 400 ovos nesse período. São quatro fases de desenvolvimento: ovo – larva – pupa – imago (adulto). Esse processo depende da temperatura, quanto mais calor, menor é o tempo de desenvolvimento. Alguns fatores que contribuem para a sua proliferação: calor intenso, alto poder de adaptação, alto grau de reprodução e depósitos com água armazenada de forma inadequada, servindo de criadouros. É a fêmea que pica a pessoa infectada, mantém o vírus em sua saliva e retransmite para uma pessoa saudável. Enquanto que o macho tem como dieta o nectar e a seiva das plantas. A fêmea,  precisa do nosso sangue para retirada de proteínas que auxiliam na formação de seus ovos. O zumbido que escutamos é proveniente das 300 vezes em 1 segundo que suas asas batem.  A queimada e o desmatamento afastaram os mosquitos de seu habitat natural e os distanciaram de seus predadores naturais (sapo, libélula, lagartos e outros),  dificultando o controle populacional.

ELIMINAR MAU CHEIRO NA GARRAFA TÉRMICA

Para eliminar o mau cheiro da garrafa térmica, lave-a com a borra de café (o resto do pó de café na cafeteira) com água quente.

POLUIÇÃO SONORA

Refere-se ao efeito danoso provocado por sons em determinado volume que superem os níveis considerados normais para os seres vivos. Vivemos em um mundo repleto de barulho, seja na escola, em casa, no trabalho ou no lazer. O dia 7 de maio é o dia do silêncio, criado com o intuito de sensibilizar e conscientizar a população deste grave problema de saúde pública. Para agravar a situação, perdemos a audição e não percebemos. O som é medido através de decibéis (dB) e de acordo com a ONU – Organização das Nações Unidas, a partir de 55 decibéis trazem malefícios para a saúde. Para entendermos este número, as pessoas conversando é entre 30 e 60 dB, uma rua com tráfego intenso, de 70 a 90 dB, um liquidificador, 85 dB e um secador de cabelo, 95 dB. A poluição sonora é classificada como a terceira pior poluição, perdendo para a poluição da água e do ar.  As consequências são: insônia, alterações nervosas, estresse, dor de cabeça, elevação de pressão arterial, lesões auditivas e até surdez parcial ou total. Na história da humanidade, precisamente há 200 gerações, temos relatos da incomodação da poluição sonora e de como os ruídos infernizavam a vida das pessoas. Os imperadores de Roma proibiam o tráfico de carroças em áreas próximas das suas residências em certas horas do dia e da noite. Alguns cuidados para minimizar a poluição sonora: devemos evitar locais barulhentos, deve haver fiscalização intensiva do poder público; deve ter educação ambiental;  criação de mais áreas verdes, que servem de isolante térmico e sonoro.

8º Encontro de Bacamarteiros acontece neste domingo em Ibirajuba

A Prefeitura de Ibirajuba- no agreste do Estado- realiza neste domingo (07) o 8º Encontro de Bacamarteiros. O evento começa a partir das 14h em frente à Igreja Santa Quitéria, de onde sairá o desfile. Ao final do desfile, que percorrerá diversas ruas da cidade, haverá a tradicional ‘’salva de tiros’’ de pólvora. Ainda haverá shows na praça central do município com as atrações: Jorge de Altinho, Azulão, Brasas do Forró, Balanço Nordestino e a ‘prata’ da casa, a cantora Rakline Queiroz. Os shows e o encontro também marcam o encerramento das festividades juninas do município.

Os bacamarteiros usam roupa de zuarte, chapéus de couro, alpargatas e cartucheiras de flandres. A tradição tem origem nas festas da volta e no folclore do cangaço, sendo largamente difundida por todo o sertão nordestino, em especial. A arma artesanal que os grupos usam é o bacamarte (do francês braquemart).

Publicidade

Facebook

x