sábado, 19 de setembro de 2020

Congresso aprova Orçamento de 2020 com salário mínimo de R$ 1.031

O Projeto de Lei Orçamentária de 2020 foi aprovado na tarde desta terça (17) na CMO (Comissão Mista de Orçamento) e no início desta noite pelo plenário do Congresso. Agora, segue para sanção presidencial. O texto final do Orçamento estima que o salário mínimo subirá para R$ 1.031, o que representa apenas a correção dos atuais R$ 998 pela inflação.

O reajuste aplicado ao salário mínimo é pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Desde o envio do PLOA (Projeto de Lei Orçamentária Anual), em agosto, houve uma queda nos indicadores de inflação de 2019. O reajuste aplicado é de 3,31% e vale também para aposentadorias e pensões do INSS.

O governo interrompe uma política pública que permitiu 25 anos de ganhos reais aos trabalhadores. Ou seja, com aumentos que consideravam a inflação mais o crescimento da economia. De acordo com os técnicos, a cada R$ 1 de aumento no salário mínimo, o impacto nas contas públicas seria de R$ 320 milhões.

Em agosto, a equipe do ministro Paulo Guedes (Economia) anunciou que o piso salarial poderia subir para R$ 1.039 no próximo ano. O valor, porém, tende a ser revisado diante de um cenário mais suave para os preços no país. O governo já enfrenta dificuldades em 2020 para cumprir o teto de gastos nos próximos anos -o limite de despesas, criado no governo de Michel Temer (MDB), é reajustado apenas pela inflação.

Conceder um aumento acima da inflação (aumento real) seria mais um entrave para a meta, na avaliação do time de Guedes. As despesas estão no limite do teto de gastos do próximo ano, que é de R$ 1,454 trilhão, conforme correção de 3,37% do IPCA (índice oficial de preços) até junho deste ano.

O chamado teto de gastos foi criado pela emenda constitucional 95. Pela regra, a despesa federal de cada ano não pode crescer acima da inflação do ano anterior. Se isso acontecer, o governo deve adotar medidas obrigatórias de contenção de despesas. A proposta de Orçamento de 2020 também prevê que o governo conseguirá aprovar no Congresso, até junho, um dos pilares do pacotaço de medidas de ajuste nas contas públicas.

A estimativa é que R$ 6 bilhões serão economizados no próximo ano com os efeitos da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Emergencial. Esse projeto cria gatilhos para quando União, estados e municípios tiverem problemas financeiros; permite redução de 25% da jornada do servidor com redução equivalente na remuneração; proíbe promoção de funcionário (com exceções), dar reajuste, criar cargo, reestruturar carreira, e fazer concurso; e suspende criação benefícios tributários.

Técnicos do Congresso avaliam que, ao incluir o impacto da PEC, o Orçamento pode não refletir a realidade e gerar dificuldades financeiras para o governo no próximo ano. Uma PEC precisa passar por um processo de análise mais lento no Legislativo e depende do aval de 308 dos 513 deputados, e de 49 votos dos 81 senadores.

O relator do projeto de Orçamento, deputado Domingos Neto (PSD-CE), disse que o prazo para prever os efeitos da PEC Emergencial foi negociado com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Só que a proposta de ajuste fiscal ainda nem foi votada na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado -primeira etapa da tramitação. Depois ainda precisará passar pelo plenário do Senado e pela Câmara. Segundo Neto, os R$ 6 bilhões de economia com as medidas que afetam principalmente servidores serão usados para ampliar o investimento público.  Mas essas despesas estão condicionadas. Ou seja, dependem da aprovação da PEC para serem efetivadas. O projeto de Orçamento autoriza a União, estados e municípios a realizarem um déficit primário de R$ 124,1 bilhões.

Por: Folhapress em 18/12/19 às 06H16
Foto: Arquivo

Câmara endurece penas para quem comete maus-tratos a animal doméstico

O plenário da Câmara aprovou hoje (17) o projeto de lei que aumenta a pena para autores de maus-tratos a cães e gatos domésticos. A matéria segue para o Senado.

O texto aprovado prevê reclusão de dois a cinco anos, multa e proibição de guarda de animal, mas apenas para maus-tratos a cães e gatos. A punição pode chegar a seis anos em caso de morte do animal. Para os animais silvestres, exóticos ou nativos, a pena continua a mesma. Hoje, a Lei de Crimes Ambientais determina detenção de três meses a um ano e multa para casos de violência contra animais.

Parlamentares endureceram a previsão de pena ao adotar o regime de reclusão, que prevê o início do cumprimento da pena em regime fechado, quando o réu é reincidente. Já no regime de detenção, a pena pode ser cumprida em regime semiaberto ou aberto e também há possibilidade de conversão da pena em doação de cestas básicas.

A matéria foi aprovada ontem (16) em comissão especial. Para o relator no colegiado, deputado Celso Sabino (PSDB-PA), a reclusão é mais indicada para os crimes contra cães e gatos, porque pode ser imediatamente cumprida em regime fechado. Ele lembrou que cães e gatos são os animais mais adotados como estimação no país.

“[O endurecimento da lei servirá] para evitarmos que aquele que pratica maus-tratos a animais possa sair na mesma hora ou no mesmo dia da delegacia. Uma lei que faça com que o cidadão tenha medo de maltratar o animal e possa produzir exemplos para pessoas que estejam mal-intencionadas: se fizer aquilo, vai para o presídio”, argumentou o deputado.

Por Heloisa Cristaldo – Repórter da Agência Brasil
Foto: Fábio Pozzebom/Agência Brasil

Câmara aprova MP que garante pensão a crianças afetadas por vírus Zika

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (17), a medida provisória que estabelece o pagamento de pensão mensal vitalícia, no valor de um salário mínimo, para crianças vítimas de microcefalia decorrente do vírus Zika. A matéria segue para o Senado.

De acordo com o projeto de lei de conversão do relator, senador Izalci Lucas (PSDB-DF), a medida beneficiará crianças afetadas pelo vírus e nascidas entre 1° de janeiro de 2015 e 31 de dezembro de 2019. Originalmente, a Medida Provisória (MP) 894/19 limitava o benefício às crianças nascidas até dezembro de 2018. A mudança do período foi aprovada na comissão mista por unanimidade entre todos os partidos que compõem o colegiado.

“Essas crianças exigem de suas mães a necessidade de elas abandonarem o emprego para criar e cuidar de seus filhos. Só um parlamentar que conhece e já viu essa imagem ou teve a oportunidade de estar próximo de uma criança com microcefalia sabe do que estamos falando”, argumentou a deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC).

Para obter a pensão, a pessoa que se enquadrar nos critérios deverá fazer o requerimento ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O procedimento vai envolver uma avaliação da condição da criança por meio de perícia médica, que examinará a relação entre a microcefalia e o vírus Zika.

O objetivo do governo federal ao editar a medida é assegurar a pensão como substituta do BPC, permitindo que os pais de crianças nessas condições possam trabalhar sem perder o apoio do Estado.

Até então, para fazer jus ao BPC os pais deveriam estar na faixa de renda de até 25% do salário mínimo. Se obtivessem um emprego, sairiam desta faixa e deixariam de receber o benefício. Com a MP, as pessoas hoje inscritas nesse auxílio e que atendem aos critérios estabelecidos no texto podem manter a pensão especial e procurar uma vaga no mercado sem o risco de ficar sem recurso.

Por Heloisa Cristaldo – Repórter da Agência Brasil
Foto: Sumaia Villela/Agência Brasil

Nascidos em novembro e dezembro sem conta na Caixa podem sacar FGTS

A Caixa Econômica Federal inicia hoje (18) mais uma etapa de liberação do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que paga até R$ 998 por conta ativa ou inativa. Os trabalhadores nascidos em novembro e dezembro sem conta no banco poderão retirar o dinheiro.

Os que tëm saldo acima de R$ 998 em 24 de julho só terão direito ao saque imediato de até R$ 500 por conta de FGTS. Somente aqueles com até um salário mínimo (R$ 998) na conta do FGTS na mesma data poderão sacar até R$ 998. Dessa forma, um trabalhador que tinha R$ 998 numa conta do FGTS e R$ 1 mil em outra conta em 24 de julho só poderá receber R$ 998 da primeira conta e R$ 500 da segunda.

Os trabalhadores nascidos em outros meses do ano que já sacaram os R$ 500 da conta só poderão retirar o valor complementar – diferença entre R$ 500 e R$ 998 – na próxima sexta-feira (20), caso tenham direito. O saque poderá ser feito pelos mesmos canais de pagamento da primeira etapa do saque imediato.

O pagamento de recursos do FGTS começou em setembro para quem tem poupança ou conta corrente na Caixa, com crédito automático.

Para esses trabalhadores, o valor será depositado também na sexta-feira. Quem nasceu em novembro e dezembro receberá o valor integral na conta. Quem nasceu em outros meses receberá o valor complementar, se tiver direito.

Segundo a Caixa, no total os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 40 bilhões na economia em 2019.

Oiginalmente, o saque imediato iria até março, mas o banco antecipou o cronograma, e todos os trabalhadores receberão o dinheiro este ano.

Atendimento

Os saques de até R$ 998 podem ser feitos nas casas lotéricas e terminais de autoatendimento para quem tem senha do cartão cidadão. Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento.

No caso dos saques de até R$ 100, a orientação da Caixa é procurar casas lotéricas, com apresentação de documento de identificação original com foto. Segundo a Caixa, mais de 20 milhões de trabalhadores podem fazer o saque só com o documento de identificação nas lotéricas.

Quem não tem senha nem cartão cidadão e vai sacar mais de R$ 100 deve procurar uma agência da Caixa.

Embora não seja obrigatório, a Caixa orienta, para facilitar o atendimento, que o trabalhador leve também a carteira de trabalho para fazer o saque. Segundo o banco, o documento pode ser necessário para atualizar dados.

As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site da Caixa ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800-724-2019, disponível 24 horas.

A data limite para saque é 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até essa data, os valores retornam para a conta do FGTS do trabalhador.

Horário especial

Para facilitar o atendimento, a Caixa vai abrir 2.302 agências em horário estendido de hoje até sexta-feira (20). As agências que abrem às 8h terão o encerramento do atendimento duas horas depois do horário normal de término.

As que abrem às 9h terão atendimento uma hora antes e uma hora depois. Aquelas que abrem às 10h iniciam o atendimento com duas horas de antecedência. E as que iniciam ao funcionamento às 11h também começam o atendimento duas horas antes do horário normal.

A lista das agências com horário especial de atendimento pode ser consultada no site da Caixa. Nesses pontos, o trabalhador poderá tirar dúvidas, fazer ajustes de cadastro dos trabalhadores e emitir senha do Cartão Cidadão.

A Caixa destaca que o saque imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS, caso o trabalhador seja demitido sem justa causa ou em outras hipóteses previstas em lei.

Essa modalidade de saque não significa que houve adesão ao saque aniversário, que é uma nova opção oferecida ao trabalhador, em alternativa ao saque por rescisão do contrato de trabalho.

Por meio do saque aniversário, o trabalhador poderá retirar parte do saldo da conta do FGTS, anualmente, de acordo com o mês de aniversário.

Por Wellton Máximo* – Repórter da Agência Brasil 
Foto: Arquivo Agência Brasil

“Mais Amor”: ação do Transforma Caruaru distribuirá corações para população pelas ruas

Às vezes, tudo o que precisamos para melhorar o dia é um abraço forte, um afeto sincero. Pensando nisso, na próxima sexta-feira (20), corações e muito amor irão invadir as ruas de Caruaru. O projeto “Mais Amor”, realizado pelo Transforma Caruaru, chegará na 2ª edição e distribuirá pelo menos 10 mil corações para as pessoas que passarem pelo Centro da cidade. A iniciativa acontece nacionalmente e conta com apoio da Prefeitura de Caruaru.

Serão reunidas pessoas de todas as faixas etárias. Idealizada e iniciada pelo Movimento Novo Jeito, o objetivo desta ação é dar visibilidade e reconhecimento para tantas pessoas que trabalharam o ano inteiro com voluntariado, além de terminar o ano impactando positivamente os caruaruenses com muito amor e alegria.

A concentração será a partir das 16h no Espaço Major Clementino, ao lado do Grande Hotel. Os voluntários podem ir vestido de branco.

Transforma Brasil
O Transforma Brasil foi criado em São Paulo pelo empreendedor social pernambucano Fábio Silva, em 2018, para desenvolver iniciativas sociais no Brasil. Em Caruaru, o espaço físico passa a funcionar na Avenida José Rodrigues de Jesus, s/nº, no Bairro Indianópolis, no mesmo local da Sementeira Chico Mendes, do Parque Municipal Ambientalista Severino Montenegro. A estrutura conta com três salas que irão servir para reuniões, treinamento e escritório.

A Prefeitura de Caruaru entrou como parceira do projeto no município. O link para quem quiser se cadastrar – seja pessoa física, jurídica, entidades, projetos sociais, etc. – está disponível através do transformacaruaru.com.br.

Projeto “Mais Amor”
Dia: sexta-feira (20)
Hora: a partir das 16h
Concentração: Espaço Major Clementino, ao lado Grande Hotel.

Memorial Mestre Galdino receberá oficina gratuita de iniciação à arte de barro

O Memorial Mestre Galdino irá receber entre os dias 14 de janeiro e 15 de fevereiro uma oficina gratuita de iniciação à arte de barro. O projeto “Do Alto do Moura ao Alto do Cruzeiro: uma Iniciação à Arte do Barro”, apresentará aulas de modelagem de barro e fará uma apresentação da cultura do artesanato. A iniciativa conta com apoio da Prefeitura de Caruaru, através da Fundação de Cultura e Turismo (FCTC), e é uma realização do Governo do Estado por meio de recursos da Funcultura.

As inscrições estão abertas até o dia 20 de dezembro. A segunda parte do projeto acontecerá em Arcoverde, entre os dias 3 de março e 4 de abril. São oferecidas 60 horas/aula para prática com modelagem do barro, leituras sobre o assunto, debates e outros conteúdos sobre cultura e artesanato. Para se inscrever, os interessados devem entrar no site artedobarro.wixsite.com/amac.

Entrega de óculos para estudantes e requalificação da USF Juá marcam atividades da Maratona da Saúde

Os estudantes das escolas municipais Professor Leudo Valença; Nossa Senhora de Fátima e as ETI Professor Rubem de Lima Barros e Altair Nunes Porto Filho foram beneficiados, ontem (17), com a entrega de óculos de grau gratuitos dentro do programa Aprender com Saúde, uma parceria entre as secretarias de Saúde e Educação da Prefeitura de Caruaru.

Foram entregues 276 óculos gratuitamente. Para tal, os estudantes passaram por uma triagem, depois consulta com o oftalmologista dentro da própria unidade de ensino e após a identificação da necessidade de correção da visão, os alunos puderam escolher as armações dos óculos que foram entregues hoje. “Visamos a integração e articulação permanente da educação e da saúde, proporcionando melhoria da qualidade de vida da população escolar caruaruense em caráter de corresponsabilidade”, disse a coordenadora do programa Aprender com Saúde, Michelly Pereira.

O Aprender com Saúde teve início em 2017 e já foram triados 22.841 estudantes, nos quais 5.543 passaram pela consulta com o oftalmologista e 2.129 receberam os óculos para correção da visão.

“Desde o início da nossa gestão batemos na tecla de que queremos transformar Caruaru através da educação. Para isso acontecer também é preciso cuidar de quem será o futuro de nossa cidade, a saúde de nossas crianças precisa estar em dia para conseguir boas notas e correr atrás dos seus sonhos. Essa entrega representa essa transformação que tanto buscamos”, comentou a Prefeita de Caruaru, Raquel Lyra.

Após a entrega dos óculos, a Maratona da Saúde seguiu até o quarto distrito de Caruaru, no Sítio Juá. Lá, os moradores puderam conhecer a requalificação da Unidade de Saúde da Família (USF) da comunidade.

“Estou muito feliz com o que fizeram aqui no nosso Posto de Saúde. Ele ficou mais amplo e vai resolver muita coisa sem que a gente precise se deslocar até a cidade. Essa gestão tem olhado por nós como ninguém nunca fez”, disse o morador Antônio Severino da Silva.

A USF Juá é composta por médico, enfermeira, técnica de enfermagem, dentista, auxiliar de saúde bucal, agente comunitário de saúde, recepcionista e auxiliar de serviços gerais.

“A unidade é totalmente informatizada, possui prontuário eletrônico e vai estreitar os laços com a Universidade Federal de Pernambuco – Campus Agreste através da telemedicina, que vai auxiliar os médicos da zona rural em fechamento de diagnósticos com especialistas, sem o paciente precisar se deslocar até Caruaru”, explicou o secretário de Saúde de Caruaru, Francisco Santos.

A Maratona da Saúde ainda fará mais uma entrega em 2019, será o Ambulatório Multiprofissional Especializado – AME Saúde Infantil, que está previsto para ser inaugurado na próxima semana, após as festividades de natal.

Foto: Janaína Pepeu

Dicas e Curiosidades

Fogo nas margens das rodovias

Em diversos pontos das rodovias, percebemos queimadas na vegetação. Alguns fatores estimulam esse crime ambiental, como o lixo jogado nas margens, o problema cultural de parcela da população em queimar o lixo para livrar-se, realização da coivara – técnica de preparar o terreno utilizando a queima da vegetação – por alguns agricultores. Além das ações humanas, fatores ambientais também contribuem:  as altas temperaturas, a baixa umidade relativa do ar e o tipo de vegetação.

Diante desse quadro caótico, teremos a diminuição da fertilidade do solo, a eliminação da cobertura vegetal abrindo espaço para processos erosivos, a morte de animais, vegetais e microorganismos, o desequilíbrio ecológico, a migração dos animais (cobras, ratos, escorpiões e aranhas) que sobreviverem para as residências, indústrias ou qualquer edificação em busca de proteção e aumento do risco de acidentes com os seres humanos e o empobrecimento do solo.

Essa vegetação na margem das rodovias não deve ser queimada porque serve de proteção para que não ocorra deslizamento – com as chuvas, a terra e cascalhos sejam levado para a rodovia -, para que a poluição emitida pelos automóveis seja absorvida e para que a baixa visibilidade do motorista seja evitada, o que traria grandes riscos de acidentes.

Limpeza do ventilador e ar-condicionado

Neste período de altas temperaturas devemos limpar o ventilador e o ar-condicionado com maior eficiência para preservar a nossa saúde. O primeiro passo é desligar os aparelhos da tomada – para não ocorrer acidente com choques elétricos. No ventilador, devemos retirar a tela de proteção e preparar a seguinte solução: para cada 1 litro de água, deve-se colocar 10 gotas de detergente neutro. Passar a solução com o lado macio de uma esponja em toda estrutura, e, em seguida, passar um pano seco para retirar qualquer umidade.

Para finalizar, limpe o ventilador com um pano umedecido com álcool, em qualquer situação devemos apenas umedecer e não encharcar. Não adianta higienizar apenas o ventilador, precisamos limpar o piso e os móveis no ambiente em que estiver funcionando, ele irá espalhar toda poeira daquele local. Para o ar condicionado, é necessário o mesmo procedimento de desligar da energia elétrica.

Retire os filtros com cuidado e lave-as com água corrente e com detergente neutro no lado macio da esponja. Deixe as telas secarem naturalmente. Estes procedimentos devem ser realizados uma vez por mês, mas depende muito da frequência de uso. Estas dicas são importantes para eliminar microorganismos e poeira e  para preservarmos nossa saúde, evitando desencadear processos alérgicos, problemas respiratórios e proporcionar maior durabilidade aos aparelhos.

 

A pior guerra é a guerra contínua contra a natureza, que é silenciosa, que destrói ao longo do tempo.

Fernando Henrique Cardoso.

 

Coluna Esplanada

Brasília, quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Prevenção popular

 

Para não ser acusado de esnobar os sem-terra, o presidente Jair Bolsonaro reservou a tempo, no Orçamento federal para 2020, R$ 175 milhões para regularização fundiária nos Estados da Amazônia Legal. E mais R$ 75 milhões nas fronteiras da mesma região. A questão das queimadas pesou na decisão também. Vai direcionar, a priori, R$ 280 milhões para “prevenção, fiscalização, combate e controle do desmatamento ilegal”.

 

Agora, vai

 

O Governo, no apagar de 2019 em cima da hora, enfim, garantiu no Orçamento R$ 1,02 bilhão para a Previdência Rural.

 

Agora, vai 2

 

Não é o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, que todos os anos errou sua previsão. É a turma que move a economia: O Brasil cresce 2,5% em 2020. É o que prevêem os industriais da CNI.

 

Café fresco

 

Os produtores de café tiveram um ano péssimo. A safra vai fechar com 20% de baixa em relação ao ano passado. Muito pela redução da área de plantio, informa a Conab.

 

Museus do Executivo

 

O Palácio vai tirar o Museu Nacional da administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro, contam as portas entreabertas do terceiro andar. Isso sinaliza o Decreto 10.175, que cria o Grupo de Trabalho interministerial sobre Museus Federais, sob tutela do Executivo, com membros nomeados do Ministério da Educação, Secretaria da Cultura e uma penca de militares. No primeiro trimestre haverá novidades.

 

Coutinho largado

 

Considerado um mito político na Paraíba, Ricardo Coutinho vai ter um Natal complicado depois que o desembargador Ricardo Vital autorizou sua prisão preventiva. O PSB divulgou nota oficial defendendo a inocência dele, pré-candidato à Prefeitura de João Pessoa. O ex-governador é acusado de desviar R$ 134 milhões da saúde no período de 2011 a 2018 quando comandou o Estado.

 

Calvário eleitoral

 

O presidente da legenda, Carlos Siqueira, parece desconhecer os detalhes da operação Calvário deflagrada pela Polícia Federal. A decisão da Justiça está amparada em provas como gravações telefônicas de Ricardo Coutinho com aliados seus combinando a divisão dos valores das propinas. O diretório o largou de mão e foca nas eleições.

 

Águas.. 

 

O deputado estadual do Paraná Luiz Guerra (PSL) apresentou um projeto que promete polêmica: que o Governo do Estado autorize a concessão das Cataratas do Iguaçu. Mas já é concedida, não? Sim, pelo ICMBio, do Governo Federal. É quiprocó de décadas.

 

..da discórdia

 

Um fazendeiro espanhol, então proprietário daquela beleza toda, cedeu as terras à União em carta. Mas o ex-governador Beto Richa registrou em cartório, há poucos anos, como patrimônio e posse do Paraná. Vem muita água (ou cascata) aí, de todos os lados.

 

Bombeira no clã

 

A ministra do TCU Ana Arraes atuou de bombeira no clã e acalmou os ânimos do filho Antônio Campos (Tonca) e do deputado federal João Campos, filho do saudoso Eduardo, contam fontes ligadas à família. Por ora, nada de denúncia de Tonca à PGR contra o parlamentar, como prometeu.

 

Natal do Despolarizar

 

A ONG Politize! lança na sexta-feira um manual pertinente para tempos de debates políticos e ideológicos polarizados. Para arrefecer os ânimos dos brasileiros no Natal, vai criar o projeto Despolarize, com orientações para seus principais propagadores.

 

TV Escola

 

Em nota à Coluna, o MEC informa que o contrato de gestão com a Associação de Educativa Roquette Pinto, que gere a TV Escola, encerra no fim deste ano e não será renovado. O MEC quer fazer suas próprias produções – como citamos, a cúpula tentou contratar a turma demitida, que ficou fiel à gestão atual da emissora.

 

 

 

ESPLANADEIRA

 

# A ABNT e a Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais promovem o Seminário Normalização do Diálogo entre o Público e o Privado, amanhã, na sede da Abiplast em SP. # A Feira de Investimentos do Academic Working Capital acontece hoje no Cubo Itaú, em SP, e conclui a quinta edição do programa de educação empreendedora do Instituto TIM. # O Mercado Livre iniciou campanha que vai presentear mais de 10 mil crianças e jovens do Brasil inteiro com livros e brinquedos.

Publicidade

Facebook

x