sábado, 23 de janeiro de 2021

Covid-19: Boletim diário da Secretaria de Saúde – 22.01.21

A Secretaria de Saúde de Caruaru informa que, até esta sexta-feira(22), 96,05% dos pacientes já se recuperaram do novo coronavírus.

O número de testes realizados subiu para 46.069 dos quais 19.411 foram através do teste molecular e 26.658 pelo teste rápido, com 14.457 confirmações para a Covid-19, incluindo um óbito que estava em investigação. Sendo mulher, 85 anos, sem comorbidades.

O número de casos descartados subiu para 30.679.

Também já foram registrados 62.137 casos de síndrome gripal.

VACINAÇÃO

Doses aplicadas no dia: 328
Total de doses aplicadas: 1673

Oxigênio!

Por Hortênsia Nunes B. de Oliveira*

Manaus-AM estampou inúmeras manchetes de jornais nacionais e internacionais, infelizmente de forma extremamente negativa. Forma esta que mais uma vez transpassa a imagem negativa do país, que é visto como um enorme subúrbio mundial. Falta de oxigênio, chocante.

Mortes seguidas por mais mortes, soluções tardias para problemas que precisavam de resoluções antecipadas. Vidas em jogo. Jogo esse perdido por falta de responsabilidade e humanidade de tantos, desde os governantes que menosprezaram as reais necessidades de efetivo planejamento, à determinados cidadãos, integrantes desta mesma sociedade que estocaram oxigênio para vendê-los mais caro.

A discussão sob a real responsabilidade ainda é ampla. O Governo Federal afirma que a responsabilidade seria do Estado, o Estado afirma que a responsabilidade seria do Governo Federal, e assim uma discussão que está em constante repeat. Essa discussão que surge na política, deságua no mundo jurídico, que tem a obrigação de agir de forma isonômica, técnica e imparcial.

Tal discussão parece ser repetitiva, uma vez que já fora elucidada e decidida. Desde março de 2020 o Supremo Tribunal Federal estabeleceu que os Municípios e os Estados poderiam tomar as medidas que fossem necessárias no combate ao Coronavírus. Tanto é assim que diversos estados e municípios vêm tomando medidas preventivas, como isolamento social e fechamento do comércio.

Na decisão proferida pelo Supremo, ficou considerado que os governos das três esferas (federal, estadual e municipal) possuem competência concorrente para estabelecer medidas na área da Saúde, ou seja, todos os entes podem legislar desde que seja respeitada a autonomia de cada ente. Além disso, a nossa Carta Magna estabelece que é competência COMUM da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, cuidar da saúde e assistência pública.

Visto isso, é claro perceber que os governos de Manaus, do Amazonas e do Brasil falharam conjuntamente e devem ser responsabilizados solidariamente e proporcionalmente. Contudo, o momento não deve ser apenas de solidariedade, mas também de ação, visando amenizar os efeitos drásticos da pandemia. Sigamos respirando, fortes, mesmo sem a ajuda de aparelhos.

*Hortênsia Nunes Braz de Oliveira é advogada, Pós-Graduada em Direito Processual Civil e Direito Tributário e Membro da Comissão de Direito Imobiliário e Urbanístico- OAB/Caruaru

Central inicia os trabalhos para a pré-temporada

A Patativa iniciou na manhã de ontem (21), os trabalhos para o Campeonato Pernambucano de 2021. Os atletas que voltaram de férias passaram por avaliação física, com o preparador físico, Márcio do Vale. Ainda pela manhã o elenco fez um treino leve nos gramados e na academia do clube.

O Central se prepara para a pré-temporada, traçando metas de auto rendimento para seus atletas, fazendo uma avaliação física e identificando as necessidades de cada jogador. “A avaliação física é fundamental para termos a ideia de como chegaram os jogadores, podendo assim ajudá-lo a readquirir sua maior capacidade física e atingir o auto rendimento para o restante da temporada”, destaca o preparador físico, Márcio do Vale.

Conecta Oportunidades oferece 400 vagas de emprego em Caruaru

Na Capital do Agreste, centenas de vagas de emprego estão abertas neste início de 2021. Elas podem ser verificadas no Conecta Oportunidades, serviço desenvolvido pela Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Economia Criativa, e que tem como principal objetivo impulsionar a criação de postos de trabalho na cidade. Atualmente são 400 vagas disponíveis na plataforma

Dentre as funções disponíveis, estão encarregado de prevenção de perdas, motorista, operador de caixa, conferente de mercadorias, auxiliar de serviços gerais, supervisor de crediário, gerente de depósito, vendedor e analista de escrita fiscal. Mais informações sobre as ofertas e o processo de inscrição podem ser acessadas pelo site http://conectaoportunidades.caruaru.pe.gov.br/. O procedimento é gratuito e rápido.

A PLATAFORMA

O Conecta Oportunidades possui mais de sete mil usuários e 228 empresas cadastradas. O serviço é direcionado para profissionais, estagiários e jovens aprendizes.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Economia Criativa, André Teixeira Filho, o Conecta atua como um facilitador nos processos de busca e seleção de emprego. “A dinâmica do Conecta Oportunidades é bastante simples e eficaz, ou seja, ele direciona os currículos dos candidatos para aquelas empresas que estão oferecendo vagas indicadas para os seus perfis. Através desse facilitador, a economia caruaruense só tende a se fortalecer ainda mais com a geração de mais postos de trabalho. Chegamos ao término de 2020 com a atração de empresas geradoras de vários empregos e, para este ano, a expectativa é de evoluirmos bastante, no que se refere ao nosso desenvolvimento econômico”, afirmou.

Autarquia de Urbanização e Meio Ambiente alerta sobre risco na compra de loteamentos irregulares

A população precisa estar atenta na hora de comprar terrenos, já que existem muitos loteamentos irregulares, clandestinos ou localizados em área de proteção ambiental. Pensando nisso, a Prefeitura de Caruaru, por meio da Autarquia de Urbanização e Meio Ambiente (URB), orienta como evitar riscos que tragam prejuízos ao consumidor.

De acordo com o secretário executivo da URB, Laertte Lima, antes da aquisição, é importante que o consumidor visite o local para verificar se o terreno é em brejo, se faz parte de lote, fração ideal, morro ou área reservada. É importante também verificar se há infraestrutura e serviços, como transporte público, rede de água, energia elétrica e asfalto. “Solicite a planta, que deve ter a aprovação da Prefeitura, e localize o terreno em questão. Vá até a URB, na Rua Visconde de Inhaúma, 1191, para se certificar da sua aprovação. Peça, ainda, a certidão negativa de débito do Imposto Territorial Urbano, para evitar surpresas relativas a valores pendentes do terreno”, aconselhou o secretário executivo.

Caso a situação do consumidor seja de irregularidade ou de clandestinidade, ele poderá ser acionado judicialmente, tendo que desocupar o imóvel. “A legalidade do terreno dá garantia de acesso à infraestrutura básica, como água, esgoto, energia e pavimentação. Pessoas que, mesmo assim, compram e vendem terrenos irregulares e clandestinos, poderão ser acionadas judicialmente. O correto é, havendo qualquer dúvida, procurar a URB antes de fechar o negócio, para saber a real situação”, disse Laertte Lima.

Quando for adquirir um terreno, também solicite, além da comprovação de regularidade do loteamento com a Prefeitura, o registro no Cartório de Registro de Imóveis. Dúvidas ou denúncias, pode ligar para os números (81) 3721-3599 e 98384-3219 ou ainda pelo número da Ouvidoria: 156.

Crime

A Lei Federal nº 6766/79 prevê até quatro anos de prisão para quem realiza transação imobiliária de lotes ilegais, ou seja, sem divisão e documentação reconhecida pelos órgãos responsáveis.

Ser Educacional promove super campanha em prol da saúde em Manaus

O aumento exponencial no número de casos de pessoas infectadas com a Covid-19 no Amazonas levou o Estado a um colapso no seu sistema de saúde. A falta de leitos e de insumos nos hospitais tem chamado a atenção de todo o país, que busca alternativas para tratar os doentes. Buscando uma forma de auxiliar a minimizar esta crise na saúde em Manaus, o grupo Ser Educacional, mantenedor das marcas UNINORTE, UNINASSAU, UNAMA, UNG, UNIVERITAS, UNINABUCO, UNIFACIMED e UNIJUAZEIRO, está promovendo uma super campanha para ajudar os hospitais da região e todas as famílias afetadas pela doença.

A ação faz parte do projeto Universidade do Bem, que, desde o início da pandemia, tem arrecadado donativos e promovido ações em prol da saúde em todos os estados do Brasil. Devido à situação vivida no Amazonas, o Ser Educacional resolveu ampliar ainda mais a campanha, auxiliando também diversos familiares de pessoas que estão internadas nas unidades de saúde da capital.

“Estamos acompanhando a situação em Manaus e não podemos ficar parados. O Ser Educacional sempre teve como pilar a Responsabilidade Social e agora não será diferente. Vamos fazer tudo o que está ao nosso alcance para que possamos ajudar a população a superar essa crise na saúde”, destaca o presidente do grupo Ser Educacional, Jânyo Diniz. “Nossas ações irão desde a doação de insumos hospitalares até a criação de casas de apoio para familiares”, complementa.

Entre as ações emergenciais promovidas pela campanha, estarão a compra de insumos para os hospitais, a abertura de uma casa de acolhimento para os familiares que moram em outras regiões do estado, o cadastramento de voluntários, abertura de pontos de arrecadação de donativos em todo o país, a criação de uma vaquinha virtual para arrecadar doações em dinheiro, a disponibilização de prédios da UniNorte para serem usados como pontos de vacinação, entre outros. Além disso, o projeto também conta com a montagem de diversas tendas solidárias, onde serão disponibilizados apoios jurídicos, psicológicos e fisioterápicos gratuitos para familiares das vítimas internadas com a Covid-19. No entanto, essas tendas ainda necessitam de autorização estadual para serem instaladas.

Todas as ações serão realizadas pelo Ser Educacional, por meio da UNINORTE – Centro Universitário do Norte, principal marca mantida pelo Grupo no Amazonas. A campanha já conta com o apoio do Transforma Brasil, Secretaria Estadual de Assistência Social do AM, Instituto Êxito, Grupo Diário do Amazonas, TV Norte, Grupo Calderaro de Comunicação e The Voice, entre outros.

Casas de acolhimento

A UniNorte irá disponibilizar o prédio da unidade 11 para funcionar como casa de acolhimento para familiares. Ela será voltada para abrigar acompanhantes de vítimas da Covid-19 que estejam em tratamento na capital. No total, serão disponibilizadas 50 vagas, com oferta de dormitórios, refeições e traslados.

Tenda solidária

Serão instaladas tendas nas principais Unidades de Saúde que atendem pacientes com a Covid-19. Nelas serão feitas triagens para atendimento psicossocial, jurídico e fisioterápico, realização de testes rápidos de coronavírus e ofertas de lanches. A proposta já foi enviada ao Governo Estadual e Municipal está no aguardo da aprovação. Em caso de liberação, os pontos de apoio ficarão em hospitais como: HUGV, 28 de Agosto, SPA São Raimundo, SPA do Coroado e SPA Alvorada.

Vakinha on-line e doações presenciais

Interessados em contribuir com a campanha poderão acessar o link universidadedobem.uninorte.com.br e realizar a sua doação ou se dirigir à unidade 11 da UniNorte para fazer a sua doação pessoalmente. Os alimentos e materiais recebidos serão repassados para unidades de saúde e familiares.

A campanha Universidade do Bem ainda planeja diversas outras ações que visam auxiliar o estado do Amazonas a superar essa crise na saúde. “Vamos fazer a nossa parte e incentivar o apoio de diversas outras instituições e de toda a população para que possamos superar esse momento tão delicado que estamos vivendo”, finaliza Jânyo.

Curta Taquary 2021 começa com laboratório de realização de documentários

Já estão acontecendo as atividades do 14º Curta Taquary – Festival de Curta-Metragem de Taquaritinga do Norte. Por enquanto, a programação está voltada para a formação com o DocLab – Laboratório de Realização de Documentários. Os encontros estão sendo virtuais, gravados e ao vivo, mas haverá a produção de documentários com momentos presenciais com um grupo restrito. Devido à procura, uma segunda turma foi criada e as aulas começam em fevereiro. Os trabalhos produzidos pelos dois grupos serão apresentados durante a exibição de filmes no festival, de 16 a 22 de março de 2021, no site www.curtataquary.com.br.

O Laboratório está reunindo 41 pessoas apaixonadas por documentários só na primeira turma. Boa parte já produziu algum trabalho e quer se aprimorar. Paula Matos é uma delas: “Trabalho com edição e documentário. Por isso, quero me aperfeiçoar na área”, disse. Raissa Dourado, também. Ela é realizadora de documentários em Porto Velho, Rondônia, e “como aqui temos essa carência de formação/capacitação, busco formação para me aperfeiçoar e poder repassar também conhecimento”, explicou.

Mas o grupo também tem gente que quer dar os primeiros passos na produção de documentários. Jadson Barreto está fazendo pós graduação em Educação Ambiental e Cultural no IFPE e terá como trabalho de conclusão de curso um vídeo sobre a comunidade Quilombola Ilha de Mercês, em Ipojuca/PE: “essa formação irá auxiliar e muito no meu desempenho, além de acrescentar conhecimento sobre a área que sou curioso”, justificou.

Os cineastas-educadores Marlom Meirelles e Kennel Rógis estão conduzindo essa primeira turma do laboratório e cada um vai orientar um grupo na execução do documentário. A segunda turma terá Marlom Meirelles e Antonio Fargoni, com programação começando a partir de 1° de fevereiro. “Estou muito surpresa com o bom andamento da turma, a gente nota comprometimento, uma responsabilidade com o curso e interesse mesmo em participar”, confessou a coordenadora pedagógica do evento, Amanda Ramos.

Curadoria – Outra equipe que também já está trabalhando no Curta Taquary 2021 é responsável pela curadoria dos filmes. Ao todo, 521 filmes foram inscritos para o festival, de 23 estados brasileiros, além do Distrito Federal. Caroline Pavez é produtora e distribuidora de filmes, mora no Chile e participa da seleção dos curtas da Mostra Internacional do festival desde 2015. “No que se refere à curadoria desta edição do Festival de Cinema Curta Taquary, serão apresentadas propostas narrativas experimentais, vídeo-dança, documentário, etc. que ofereçam a possibilidade de hibridismo virtual”, adiantou.

A programação completa do 14º Festival Curta Taquary será divulgada no dia 1º de março. O evento tem o aporte financeiro do Edital de Festivais LAB PE da Lei Aldir Blanc e é uma realização das produtoras Taquary Filmes e Tá Bonito Pra Chover Produções.

Serviço

14º Curta Taquary – Festival de Curta-Metragem de Taquaritinga do Norte

Exibição de filmes acontece de 16 a 22 de março no site www.curtataquary.com.br

Projeto de lei quer criar cemitério público para animais em Caruaru

De autoria do vereador Mano do Som, o projeto tem como objetivo a criação de um cemitério público para animais de pequeno e médio porte que não excedam 1,50m (um metro e cinquenta centímetros) de altura.

De acordo com a proposta, a medida valerá principalmente para os animais de pessoas que estejam em vulnerabilidade social ou inscritos em programas sociais que comprovem que não tem como pagar o serviço.

Sendo aprovado, o município ficará responsável em arcar com as despesas daqueles que não puderem custear o enterro dos animais de pequeno ou médio porte.

A regulamentação além de atender aos princípios de responsabilidade social, também é uma medida que garante o cuidado ambiental e ecológico.

“O projeto acima de tudo, está relacionado a questões de saúde pública e ambientais. Já que o animal será enterrado em um local apropriado.

Com isso, iremos evitar que as pessoas joguem os corpos dos animais no rio Ipojuca, nos canais da cidade, nas ruas ou em terrenos baldios”, explicou o vereador Mano do Som, que é o autor do projeto.

Coluna Esplanada

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2021

Campanha própria

Na ausência de uma atuação mais efetiva do Ministério da Saúde em relação aos municípios, prefeitos de todo o país decidiram lançar uma campanha informativa própria para reforçar os planos locais de comunicação. Os gestores municipais também cobram, há dias, do chefe da pasta, Eduardo Pazuello, um cronograma de entrega das vacinas com estimativa mensal até o fim de 2021. O intuito é munir os gestores municipais de informações para o planejamento e enfrentamento da pandemia.

Deficiência

Em ofício encaminhado a Pazuello, a Confederação Nacional dos Municípios menciona a deficiência de médicos e sugere a inclusão de formados em medicina no exterior que se encontram à disposição no Brasil.

Mais Médicos

“Cerca de 4 mil profissionais inclusive participaram do Mais Médicos e não tiveram seus contratos prorrogados, razão pela qual não estão sendo aproveitados neste momento crítico”, diz a CNM.

Educação

A entidade também pede ao Ministério da Saúde que o Plano Nacional seja modificado para inserir os profissionais da Educação Básica na fase 2. Sustenta que há a necessidade de retomada das atividades escolares presenciais da forma mais célere possível, sob pena de mais um ano letivo ser perdido para boa parte dos estudantes.

Manaus

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai apurar as reponsabilidades de Pazuello e do Ministério pelo colapso no sistema de saúde no Amazonas. A abertura da investigação foi motivada por documento enviado pela Advocacia-Geral da União ao STF no qual o governo federal admitiu que foi informado com antecedência sobre a falta de oxigênio.

É o cofre

Por trás do discurso da Liesa e do prefeito do Rio, Eduardo Paes, do adiamento do carnaval para 2022 está o cofre vazio dos patrocinadores. Nem grandes empresas, patrocinadoras tradicionais, tampouco Governos de Estado (muito procurados pelas direções das escolas de samba todo ano) se dispuseram a ajudar este ano.

Imagem

O efeito da pandemia no caixa público e privado em 2020 foi (e ainda é) devastador, e ninguém quer associar sua imagem à maior festa popular do Brasil, no principal cartão postal, com risco de ser culpado publicamente por promover aglomeração e suspeita de contágio em massa.
Era Biden

A volta dos Estados Unidos para o acordo de Paris vai dificultar a vida de algumas empresas do Brasil que exportam madeira e carne. O meio ambiente no governo Bolsonaro volta a ter um desafio imenso no cenário da balança comercial.

Sanções

Conforme já citamos anteriormente, o presidente Biden pode aplicar restrições ou sanções à venda destes produtos para o seu país e incentivar o mesmo na Europa.

Derrota

A ala bolsonarista do PSL derrotou o presidente nacional da legenda, Luciano Bivar (PE), e agora está oficialmente no bloco do candidato apoiado pelo Palácio do Planalto, deputado Arthur Lira (PP-AL).

Bloco

Rachada, a bancada – por maioria – havia declarado apoio a Baleia Rossi (MDB-SP). Os bolsonaristas recorreram à Mesa Diretora da Câmara e conseguiram reverter a orientação de Bivar. Com o PSL, o bloco de Lira soma 11 partidos.

Fura fila

O Ministério Público ajuizou duas ações (de improbidade e ação civil pública) contra o prefeito de Candiba (BA), Reginaldo Martins Prado, por burlar os protocolos nacional e estadual e ser o primeiro a ser vacinado no município, mesmo sem integrar o grupo de prioridades da primeira fase.

Divórcios

Levantamento do Colégio Notarial do Brasil aponta que o segundo semestre de 2020 registrou o maior número de divórcios desde 2007. O número total de 43.859 separações é 15% maior do que os 38.174 divórcios extrajudiciais registrados no mesmo período de 2019.

ESPLANADEIRA

# A terceira edição do DIalogos.Gov acontece online dia 28, às 11h. # EDF Renewables e Omega Energia doam mais de R$ 1,17 milhão para combate ao COVID-19. # Visão Mundial e Igreja Batista de Água Branca (IBAB) iniciam, neste final de semana, distribuição de 1.000 cilindros de oxigênio para Manaus. # Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil revela que pandemia fez ritmo de lançamento de produtos cair 9,4% em 2020. # TIM fechou patrocínio com o Comitê Olímpico do Brasil. Operadora apoiará a preparação e participação da delegação de atletas do Time Brasil no Japão.

Covid-19: Boletim diário da Secretaria de Saúde – 21.01.21

A Secretaria de Saúde de Caruaru informa que, até esta quinta-feira(21), 96,05% dos pacientes já se recuperaram do novo coronavírus.

O número de testes realizados subiu para 45.935 dos quais 19.329 foram através do teste molecular e 26.606 pelo teste rápido, com 14.401 confirmações para a Covid-19, incluindo dois óbitos que estavam em investigação. Sendo homens, 71 e 84 anos, com comorbidades.

O número de casos descartados subiu para 30.496.

Também já foram registrados 61.877 casos de síndrome gripal.

VACINAÇÃO

Doses aplicadas no dia: 504
Total de doses aplicadas: 1345

Publicidade

Facebook

x